22/05/2017 - Comissão de Ética Médica do HGG elege nova chapa



Seis novos membros serão responsáveis por supervisionar, orientar e fiscalizar o exercício da atividade médica na unidade

Os médicos do Hospital Alberto Rassi – HGG elegeu, no último dia 11 de maio, quinta-feira, seis novos membros para dar continuidade ao trabalho da delegação na unidade. Cada mandato de chapa tem duração de três anos. A votação para eleger a chapa começou no dia 10 de maio, quarta-feira, às 7 horas.

Foram eleitos, como titulares de suplentes, Alyne Machado Cardoso, Claudia Fonseca Sena, Marcela M. Damasceno, Marco Aurélio Borges Barbosa, Marco Aurélio Viana França e Teresinha Teixeira de Sousa. A Comissão de Ética Médica tem a função de supervisionar, orientar e fiscalizar, em sua área de atuação, o exercício da atividade médica, observando se as condições do trabalho médico e a qualidade no atendimento aos pacientes respeitam os preceitos médicos éticos e legais.

De acordo com o diretor técnico do HGG, Rafael Nakamura, a Comissão é a representação do Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) dentro do hospital e, por isso, a eleição de novos membros é tão importante para que boas condutas médicas sejam mantidas na unidade.

O cardiologista Robson Bueno de Carvalho fez questão de votar, mesmo com a agenda atribulada. Para ele, a participação no processo é importante para reforçar, perante o corpo clínico, a necessidade de se cumprir o regimento do hospital. “É uma determinação do próprio Conselho de Medicina. É fundamental”, acrescentou.

Assim como ele, o diretor médico do HGG, Gentil Silva Queiroz, acredita que a participação do corpo clínico neste momento de escolha dos novos membros da Comissão é imprescindível, porque “é a Comissão que fiscaliza a conduta dos médicos no ambiente hospitalar”.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS