Câmeras e Central de monitoramento do HGG passam por manutenção



Desde que os serviços de reparo foram iniciados, cerca de 60 câmeras já voltaram ao funcionamento. É reformulada as normas sobre a utilização, operação e metodologia para obtenção das imagens

Foi iniciado no mês de fevereiro o serviço de manutenção e reparo das câmeras de circuito fechado de monitoramento do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG, que faz a vigilância de todas as áreas da unidade 24 horas por dia. Tanto a Central de Monitoramento como as mais de de 200 câmeras, instaladas desde 2012 a partir do início da gestão do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), sendo que algumas estavam desativadas por avarias ou problemas técnicos que estão sendo reparados gradativamente.

Desde que os serviços foram iniciados, cerca de 60 câmeras já voltaram ao funcionamento. O contrato prevê manutenções em diferentes níveis de complexidade e contemplará os equipamentos de todos os andares do Hospital nos próximos 12 meses, além de atualização do projeto com novos pontos de monitoramento na unidade, explicou o assessor administrativo do Idtech, Henrique Torres. “O serviço proporcionará maior segurança para os usuários e para o patrimônio do HGG”.

As regras para controle e visualização das imagens foram instituídas pela Coordenação Executiva por meio da Portaria 37/2018 de 15 de fevereiro e tem acompanhamento e gerenciamento pelo setor de Segurança/GELOG e Diretoria Administrativa do HGG, com apoio técnico da Assessoria de Tecnologia da Informação e Gerência de Manutenção Predial.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS