Com foco no diabetes, Saúde na Praça atende 191 pessoas



Ação foi realizada na Praça Abrão Rassi, em frente ao HGG, durante a manhã desta terça-feira, 26 de junho

O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG promoveu nesta terça-feira, 26 de junho, uma edição especial do projeto Saúde na Praça. Em alusão à inauguração do Centro Estadual de Atenção ao Diabetes (CEAD), que ocorrerá na quarta, 27, a unidade ofereceu serviços gratuitos com o foco na prevenção e controle da doença. O evento foi realizado durante toda a manhã e atendeu 191 pessoas na Praça Abrão Rassi, localizada em frente ao hospital.

Além das orientações com profissionais da saúde, o público contou com os serviços de aferição de pressão arterial e testes de glicemia. A equipe do Programa de Atenção ao Pé Diabético da unidade explicou como evitar o problema e os fisioterapeutas orientaram sobre atividades físicas e coordenaram o teste da força de preensão palmar. A equipe de fonoaudiologia também participou com dicas sobre respiração, deglutição, mastigação e fala.

O Serviço de Psicologia levou profissionais para plantão de dúvidas sobre autoconhecimento, e os nutricionistas orientaram sobre mudança de hábitos e averiguaram as medidas antropométricas, que inclui verificação do peso corporal, de altura e circunferência abdominal e cervical. Além de toda equipe multiprofissional, o público também contou com orientações de médicos endocrinologistas.

A médica residente em endocrinologia Thais Pedreti explicou que o diabetes é uma doença silenciosa e que, em geral, quando os sintomas aparecem a doença já está numa fase avançada. "Perda de peso não intencional, excesso de sede, maior quantidade de urina - especialmente à noite - e muita fome, mesmo com a perda de peso, por conta da descompensação do estado metabólico. Esses sintomas devem chamar atenção e indicar que o paciente precisa procurar atendimento para que o diagnóstico possa ser feito o mais precocemente possível. Quanto antes iniciar o tratamento, melhor o desfecho do paciente", reforçou.

O ideal, salienta a residente, é a prevenção. "Todo paciente com mais de 45 anos tem indicação de fazer exames de rotina anualmente. Assim que for verificado que está tudo bem e que os índices estarem normais, esse check up poderá ser feito de modo mais espaçado. Além disso, manter hábitos saudáveis, com alimentação balanceada e prática de exercícios, são fundamentais, mesmo o diabetes sendo uma doença de carga genética", ressaltou.

Ana Miranda Xavier estava se consultando no HGG quando foi informada da ação na praça e resolveu participar. "Muito bom, a gente fica sabendo de tudo. Passei por todas as orientações, não deixei nenhuma para trás. Já estava aqui mesmo, aproveitei o embalo", disse.

CEAD
A inauguração do Centro Estadual de Atenção ao Diabetes (CEAD) ocorrerá nesta quarta-feira, 27 de junho. O CEAD será uma unidade anexa ao HGG, que oferecerá atendimento multiprofissional aos pacientes diabéticos, promoverá capacitação de equipes e profissionais especializados no atendimento da doença e atuará na educação continuada, com foco na reeducação alimentar para pacientes e familiares. O espaço contemplará consultórios, auditório, estrutura para treinamento e para conferências presenciais e à distância, com uma central de atendimento telefônico para que as equipes do interior possam entrar em contato e cozinha experimental.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS