29/06/2018 - Nutricionista do HGG alerta sobre os cuidados com alimentação nas festa juninas



Palestra aconteceu no Ambulatório da unidade nesta quinta-feira, 28 de junho, e além de dar dicas sobre o consumo de alguns alimentos, sanou dúvidas dos usuários


O mês de junho está aí, e com ele as festas juninas e suas guloseimas deliciosas, e, na maioria das vezes, bastante calóricas. A boa notícia é que dá para aproveitar a festa sem descuidar da saúde, e para alertar o público do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG sobre esses cuidados, a gerente do Serviço de Nutrição da unidade, Valéria de Souza esteve no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA), juntamente com a residente Tereza Raquel, para tirar todas as dúvidas dos usuários.

Da canjica às paçocas, de cachorro-quente à pipoca, passando pela maçã do amor, o pé de moleque, pamonha, arroz doce e o quentão, o momento é de curtir, mas sem descuidar da saúde! Assim como na alimentação do dia-a-dia, nas festas juninas não é necessário restringir os alimentos, deixando de comê-los. O que precisa ser feito, é o consumo com moderação.

Dentre esses alimentos, existem opções ruins para o organismo, com alto teor de gordura e açúcar, mas também alimentos que são saudáveis e podem até melhorar o funcionamento do organismo, como os feitos à base de milho. No entanto, é preciso cuidado: o milho cozido, por exemplo, geralmente é servido com manteiga, então lembre-se de pedir uma opção sem o ingrediente.

A profissional alerta ainda para algumas comidas como o cachorro-quente, que pela salsicha é prejudicial à saúde. Já a paçoca, arroz doce e canjica, também devem ser evitados em grande quantidade, pois além de muitas calorias, possuem alto teor de açúcar. Além disso, o ideal é que se faça a ingestão de pequenas porções dos alimentos. Se não houver pequenas porções na festa, divida o alimento com alguém que estiver lhe acompanhando. Assim, você pode provar um pouquinho de cada comida.

A residente alertou ainda sobre a alimentação antes da festa, e a ingestão de alimentos com por pessoas hipertensas e diabéticas. “Além de comer com moderação, a dica é não chegar à festa com fome, fazendo uma alimentação equilibrada durante o dia para não exagerar na festa. Já as pessoas hipertensas devem ter cuidado com a quantidade de sal nos alimentos, como pipoca e milho. E quanto aos diabéticos, ter o cuidado com os doces e optar por fazer a escolha de apenas um item”, destacou.

A nutricionista Valéria de Souza, alertou ainda que é o melhor é consumir alimentos naturais que aumentam a imunidade e são menos prejudiciais à saúde que alimentos processados e enlatados. Outra dica foi o consumo de chás naturais, como erva cidreira e camomila, mas alerta quanto ao consumo de chá de canela que pode aumentar a pressão arterial.

Além disso, a nutricionista separou algumas receitas saudáveis para as festas juninas, como: falso quentão, pamonha assada e pipoca de micro-ondas sem óleo, que foram entregues aos pacientes durante a palestra. Cícera Almeida, de 62 anos, conta que achou muito importante falar sobre a alimentação. "Foi muito proveitosa. Não sabia a respeito do uso da canela e tinha muitas dúvidas”.

Rosimeire Santana, de 49 anos, conta que, assim como foi falado pela nutricionista, sempre optou pelos chás naturais. "Em casa eu tenho chá de hortelã, alecrim, erva cidreira. Eu faço sempre chá de hortelã. E acho muito importante alertar sobre o tema".



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS