27/08/2018 - Palestra no HGG orienta pacientes a lidar com a ansiedade



Apresentação aconteceu na última quarta-feira, 22 de agosto no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) com o intuito de alertar usuários sobre os sintomas e formas de prevenção

Na última quarta-feira, 22 de agosto, a residente em psicologia do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG, Deborah de Souza Guimarães, ministrou palestra com o tema "Como lidar com a ansiedade", aos usuários que aguardavam por consultas no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA). Objetivo da apresentação foi alertar sobre os sintomas e formas de prevenção.

A ansiedade é, basicamente, uma resposta do corpo vinda do sistema nervoso, que age independente do pensamento racional, como um reflexo e resposta ao estresse, preparando o corpo para fugir ou lutar em uma situação de perigo. Isso ocorre com a liberação de adrenalina, causando reações como: tensão, nervosismo, agitação e tremor, aperto no peito com o aumento dos batimentos cardíacos e falta de ar.

O problema é quando a emoção se torna uma patologia, devido à sua intensidade em situações habituais, causando prejuízos à saúde. Assim a psicóloga iniciou a apresentação com uma atividade para avaliar os níveis do transtorno. Foram distribuídos balões para os voluntários, que deveriam encher a bexiga de acordo com o grau de intensidade de cada sintoma apresentando.

Em seguida, Deborah alertou que o primeiro passo pra lidar com o problema é reconhecer os sintomas e identificar situações que causem o desconforto. Depois é preciso buscar a ajuda de profissional da área da psiquiatria que fará o diagnóstico e ministrará a medicação, quando necessário. Além do acompanhamento com um psicólogo para complementar o tratamento medicamentoso, trabalhando o âmbito das relações sociais.

É recomendado ainda a prática de atividades físicas que proporciona benefícios como: relaxamento do corpo e alívio mental. Além disso, não é aconselhável tentar controlar os sintomas, é preciso aceitar que em determinadas situações iremos nos sentir ansiosos e não se esquivar, nem fugir dessas situações. É preciso enfrentá-las, com a ajuda do profissional de saúde mental, que indicará a melhor o tratamento.

Outra recomendação é a prática da respiração diafragmática, todos os dias e principalmente em momentos de tensão. Exercício que foi feito durante a palestra com o acompanhamento da psicóloga. Confira o passo a passo a seguir:

1. Escolha uma posição que seja confortável para você: sentado com a coluna ereta ou deitado;
2. Coloque a mão sobre o abdômen, para sentir a movimentação abdominal durante a respiração;
3. Inspire pelo nariz contando até três. Sinta o ar encher os pulmões e o abdômen subir;
4. Segure o ar dentro dos pulmões por três segundos;
5. Expire pela boca, esvaziando os pulmões e a barriga, contando até três novamente.

Repita o processo duas ou três vezes, depois continue respirando pelo abdômen sem contar tempos. Durante esse processo, é importante ficar atento ao peito e aos ombros. Se o tórax se elevar ou os ombros forem em direção à cabeça, mesmo que haja a movimentação da barriga, outros músculos estão sendo utilizados na respiração. Corrija as falhas, uma vez que a ideia é que a respiração seja feita unicamente a partir dos movimentos do diafragma.

Na oportunidade, pacientes aproveitaram ainda para fazer perguntas. Foi o caso de Jaqueline Vieira dos Santos, de 43 anos, conta que não conhecia a técnica de respiração diafragmática e brinca que se tivesse participado da atividade com o balão, provavelmente teria estourado, pois sofre com todos os sintomas. “Abriu minha mente a respeito do tema. Foi muito esclarecedora, como no meu caso, em que utilizo a comida como forma de aliviar os sintomas. Além disso, pude tirar todas as minhas dúvidas”, ressaltou.

As palestras no AMA são realizadas todas às quartas-feiras, no período matutino, para os usuários do Hospital.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS