29/08/2018 - Mais de 150 beneficiados do projeto Plateia Social assistem espetáculo 5X Comédia



Entre os dias 25 e 26 de agosto, o Idtech, por meio do seu projeto Plateia Social, em parceria com a Cia de Sucessos, levou entidades sociais ao teatro

O Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), por meio do seu projeto Plateia Social, em parceria com a Cia de Sucessos, proporcionou a 153 pessoas de diversas entidades sociais, a oportunidade de assistir ao espetáculo 5X Comédia. Apresentado no Teatro Sesi, no Setor Santa Genoveva, nos dias 25 e 26 de agosto, a peça é protagonizada pelos artistas globais Bruno Mazzeo, Debora Lamm, Lúcio Mauro Filho, Marcelo Médici e Luis Miranda.

Após um hiato de quase 20 anos, o 5X Comédia, uma das grandes sensações do teatro brasileiro da década de 90, concebido por Sylvia Gardenberg, voltou repaginado a partir de 2016 com temporadas de sucesso nas principais cidades do país. A nova montagem, dirigida por Monique Gardenberg e Hamilton Vaz Pereira, é apresentada em cinco esquetes escritos e interpretados por grandes nomes do humor e da nova dramaturgia do país.

Nesta versão do século XXI, Bruno Mazzeo interpreta um pai de família que é preso após quebrar o vidro de uma loja de brinquedos. Ele tentava comprar um novo ursinho de pelúcia para que o filho conseguisse voltar a dormir a noite inteira. Débora Lamm interpreta a Branca de Neve, que sofre com surgimento de novas princesas da Disney como a Frozen. Lúcio Mauro Filho interpreta um servidor público que é convidado pela mulher a praticar o poliamor.

Luis Miranda dá vida à Madame Sheila, que é completamente esnobe, que entre outros assuntos, conta vantagem sobre suas experiências gastronômicas e de viagem. Em um ponto alto da sua esquete, o público sorriu bastante quando ela disse que pediu um prato típico em Goiânia e trouxeram um arroz amarelo com várias bolinhas dentro. Ela relata que quando foi comer, espetou a boca, fazendo referência ao pequi.

E finalmente, Marcelo Médici interpreta uma auxiliar de limpeza do teatro, natural de Recife, que conta as curiosidades que aconteciam nas casas de suas patroas. Nesta edição do projeto Plateia Social, foram beneficiadas as seguintes entidades sociais: Centro de Recuperação Vida Nova, Grupo pela Vida, Instituto de Educação em Artes Prof. Gustav Ritter, Grupo Senhoras do Cerrado, Colégio Estadual Carlos Alberto de Deus, Colégio Estadual Luis Perillo, além de colaboradores do Idtech.

Rafael Costa Areia está em tratamento no Centro de Recuperação Vida Nova há três meses. Durante este período, ele precisa ficar internado na unidade para se recuperar do vício de álcool e drogas. Ele tem 34 anos e revela que esta é a primeira vez que teve a oportunidade de assistir a uma peça teatral. “Eu nunca tinha ido ao teatro, mas os atores eu conhecia, são todos da Rede Globo.”

Antes de se internar no Centro de Recuperação, ele trabalhava como mototaxista. Rafael explica que o tratamento dura nove meses, então ainda faltam seis meses para que ele volte para casa. “Esse projeto do Idtech é muito bom porque contribui para a nossa ressocialização. Quando estamos em tratamento, a sociedade não nos aceita e esse projeto nos dá essa oportunidade de inserção social novamente”.

A coordenadora pedagógica do Colégio Estadual Luis Perillo, Lívia Angélica Emanuel França, também elogiou a iniciativa do Idtech. “Eu acho maravilhoso. O acesso a cultura é difícil para o professor, geralmente o salário é contado, e quando aparece esse tipo de oportunidade, a gente não desperdiça”, declarou.

Integrante do grupo Senhoras do Cerrado, Raimunda Alves de Freitas, disse que esse tipo de atividade contribui para o aprendizado delas, além de divertirem bastante. “Sempre quando assisto à alguma peça, eu aprendo alguma coisa. Eu gosto bastante. Cheguei em Goiânia há um ano e gosto de me reunir com o grupo, sair para bater papo, ou até mesmo vir ao teatro”.

Plateia Social

A iniciativa, que promove a inclusão social por meio de espetáculos e exposições, já beneficiou mais de oito mil pessoas desde a sua criação, no ano de 2012. Já foram realizadas mais de oitenta edições. O projeto é financiado por companhias e produtoras de teatro parceiras que cedem os ingressos para o Idtech. Adultos, crianças e adolescentes atendidos por entidades filantrópicas têm a oportunidade de prestigiar espetáculos estrelados por artistas renomados.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS