31/08/2018 - Setembro Verde: HGG sedia abertura da campanha que incentiva doação de órgãos



Evento promovido pela Central Estadual de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos de Goiás (CNCDO-GO), acontece nesta segunda, 3 de setembro, no Auditório do HGG

A Central Estadual de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos de Goiás (CNCDO-GO / Central de Transplantes de Goiás), lança nesta segunda-feira, 03 de setembro, a campanha Setembro Verde, que tem o objetivo de sensibilizar a população sobre a importância da doação de órgãos. A solenidade acontece no Auditório do Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG, a partir das 8 horas, e reunirá autoridades, profissionais da Central de Transplantes e do HGG, pessoas que receberam órgãos, além de famílias que doaram.

De acordo com o gerente da Central de Transplantes, Fernando Augusto Ataíde Castro, durante a solenidade serão apresentadas todas as atividades que serão realizadas durante o mês, em alusão à campanha. “Os eventos tem a finalidade de divulgar cada vez mais a importância do envolvimento de todos no processo com o objetivo de aumentarmos as doações, diminuindo a fila de pessoas que aguardam um órgão ou tecido para se manterem vivos e encontrarem uma melhor qualidade de vida”.

No Brasil, para ser doador não é necessário deixar nada por escrito, em nenhum documento. Basta comunicar à família do desejo de doação. “Doar é, antes de tudo, um gesto de amor e essencialmente cristão. A doação de órgãos e tecidos só acontece após autorização familiar, conforme a lei em vigor. Em especial, estimula-se a doação de pacientes em morte encefálica, devidamente diagnosticada conforme resolução elaborada pelo Conselho Federal de Medicina para que não reste qualquer dúvida sobre tal diagnóstico”, explicou.

O gerente relata ainda o motivo da escolha da cor para celebrar o mês em que se incentiva a doação de órgãos. “Entre muitos meses coloridos a adoção da cor verde foi natural, pois é a cor adotada para simbolizar a saúde e também a esperança e a liberdade. Um misto de símbolos perfeitamente adequados para reverenciar uma data especial, uma data destinada a agradecer o altruísmo e o amor ao próximo demonstrado pela figura do doador de órgãos. Além de comemorarmos todo o mês, no dia 27 de setembro é lembrado como o Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos”.

Programação da Central durante o mês de setembro
- 03/09 – Solenidade de abertura no HGG
- 06/09 – Palestra sobre o processo de doação de órgãos e tecidos em Brazabrantes, Goiás
- 12,13 e 14/09 – Curso Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplantes
- 20,21 e 22/09 – Exposição fotográfica no Araguaia Shopping
- 25/09 – Dia D de Conscientização para doação de órgãos em Vianópolis,Goiás
- 27/09 – Dia Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos, na Praça do Bandeirante

HGG
O Hospital Estadual Alberto Rassi – HGG é referência em transplantes. De acordo com o Registro Brasileiro de Transplantes (RBT), desde 2017, quando foi lançado o Serviço de Transplantes Renais, a unidade se tornou a maior transplantadora de rins no Centro-Oeste. De março de 2017 até julho de 2018, o HGG já realizou 166 transplantes renais na unidade, contabilizando 95% de sucesso nos procedimentos. E neste ano, no dia 26 de julho, realizou o primeiro transplante de fígado do Estado. Na ocasião, a unidade lançou o Serviço de Transplantes Hepáticos do HGG.

Além de sediar a abertura da campanha Setembro Verde, o HGG também estará com a fachada iluminada na cor do movimento, durante todo o mês. Além disso, entre os dias 3 e 28 de setembro, a unidade realizará uma exposição com histórias de pacientes que receberam rins através de transplante da unidade, e a história do advogado Marcelo Mazão, que foi o primeiro paciente do Estado a receber um fígado, através do Serviço de Transplante Hepático.

Exposição
Simultaneamente a abertura da campanha Setembro Verde, o HGG também inaugura nesta segunda-feira, 03 de setembro, a exposição ‘Traços e cores: da realidade à imaginação’, que conta com 19 obras do artista plástico goiano Manoel Santos. Ele tem mais de 35 anos de carreira, e apresenta obras que misturam sonho e realidade, com muita simplicidade, mas ricas em formas e detalhes. O seu foco é a fauna, com animais que transitam pela natureza e por cenas urbanas, retratando temas atuais, entre elas a cultura do consumo, crise econômica e política, além da onipresença das mídias sociais.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS