06/09/2018 - Idtech inicia atividades esportivas e recreativas no Case de Anápolis



Projeto prevê integração dos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas na unidade. As atividades foram monitoradas por profissionais de educação física e assistentes sociais

Na última sexta-feira, 31 de agosto, os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Anápolis começaram a participar de atividades esportivas e recreativas dentro na unidade. Todas as atividades foram supervisionadas por profissionais da área de educação física e assistentes sociais. A ação integra as medidas implantadas pela nova administração do Case de Anápolis, o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que assumiu a gestão no dia 1 de agosto.
O coordenador de uma associação de profissionais que ficarão responsáveis pelas atividades da unidade, contratado pelo Idtech, Josmar Amaral, explicou aos adolescentes quais serão as modalidades oferecidas pela equipe e os critérios para a participação. Serão ofertados Judô, Karatê, futsal, basquete, futevôlei além de atividades de recreação monitoradas por profissionais habilitados como jogos de videogame, xadrez, dama e dominó.

“Aqui vocês terão a oportunidade de praticar um esporte, amadurecer o intelecto e despertar a vontade de mudança. Tenho certeza que faremos grandes atletas nascerem aqui dentro. Vamos trabalhar para isso e quero a contribuição de todos. A contrapartida de vocês será a disciplina, assim, nós iremos conseguir conquistar bons resultados juntos”, alertou.

As atividades esportivas e recreativas foram iniciadas às 9h da manhã e incluíram futsal, dominó, xadrez e dama. No período vespertino, como parte das ações de integração, os adolescentes participaram de uma celebração para comemorar os aniversariantes do mês de agosto junto aos funcionários da unidade.

O coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero, acompanhou as atividades e ressaltou a importância dessas ações para que o sistema se torne integralmente socioeducativo. “Tenho certeza que os adolescentes não vão se esquecer desse dia de muitas conquistas e comemorações. Antes, eles ficavam quase todo o tempo dentro dos alojamentos e isso gera muito incômodo. Hoje foi a oportunidade de mostrarmos que o Idtech quer, e muito, desenvolver um trabalho socioeducativo e transformar o Case numa instituição modelo para todo o país”.

O adolescente Tiago, que cumpre medida socioeducativa na unidade há seis meses, disse estar animado com as novas atividades. “Eu gostei muito de poder celebrar o aniversário dos colegas com o professores e funcionários. Eu já estava enjoado de só ficar no alojamento e sair apenas no banho de sol. Esse tipo de coisa a gente nunca teve aqui”, destacou.

A unidade

O Case é uma instituição de retaguarda do Juizado da Infância e Juventude e tem capacidade para abrigar até 80 adolescentes entre 12 e 18 anos incompletos que cumprem medidas socioeducativas de internação. O local conta com alojamento individual, além de salas para cursos profissionalizantes, auditório, galpão industrial e quadras poliesportivas.

A proposta do Idtech contempla o desenvolvimento de atividades relacionadas a educação, cultura, esporte, lazer e recreação, além de profissionalização, saúde, segurança, dentre outros, nos pressupostos da gestão humanizada e participativa. O planejamento da organização social é desenvolver um trabalho humanizado, que envolva a participação dos adolescentes e seus familiares.

Nome fictício em obediência ao Estatuto da Criança e do Adolescente




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS