06/12/2018 - Jovens do Case de Anápolis participam de Circuito Esportivo neste sábado (8)



Além do Torneio de Futsal, os jovens vão participar de apresentações de judô e karatê e de atividades recreativas como tênis de mesa, xadrez, dama e dominó. O torneio faz parte da segunda etapa do Circuito da Cidadania, promovido pelo Idtech

No próximo sábado, 8 de dezembro, a partir das 10h, o Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Anápolis recebe a segunda etapa do Circuito da Cidadania – Socializar para transformar. A ação terá atividades voltadas às práticas esportivas e recreativas que já são realizadas dentro da unidade, agora, na modalidade de torneio esportivo.

Os 45 adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de internação no Case vão participar das atividades de integração e concorrer a medalhas e troféu em torneio de Futsal, apresentações de Judô e Karatê e competições recreativas de tênis de mesa, dominó, xadrez e dama. O evento é uma iniciativa do Instituto do Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização social que administra o Case de Anápolis desde 1 de agosto de 2018.

Eixo Esporte

O esporte é considerado como uma modalidade fundamental para o crescimento dos adolescentes, porque oportuniza o desenvolvimento educacional, social e de saúde. O Circuito Esportivo objetiva despertar o espírito de equipe, o respeito e confiança nas relações entre os educadores e os adolescentes na promoção da cidadania.

Segundo Josmar Amaral, responsável por coordenar a competição, a proposta é levar novidade aos internos, considerando que eles já têm uma privação da liberdade como medida de punição. “Nossa ideia com o Circuito é fazer com que os adolescentes demonstrarem o que aprenderam durante os meses que estamos aplicando essas atividades na rotina deles. O principal objetivo é criar uma mentalidade da importância de se praticar sempre uma atividade física, pois ela auxilia na saúde do corpo e da mente”, destaca.

Para Josmar, as atividades esportivas realizadas diariamente na unidade, bem como o Circuito, têm caráter amplo. “Queremos levar a filosofia educacional do esporte, vamos oferecer conteúdo para que se pratique uma cidadania efetiva. Muitos questionam sobre oferecer judô e karatê aos adolescentes, mas é porque não compreendem que essas modalidades carregam consigo uma filosofia oriental milenar que direciona para o respeito, educação e a disciplina”, diz.

O adolescente Rutenckecio Pereira de Jesus, que já cumpriu medida socioeducativa na unidade participará como convidado do Circuito. Ele desenvolveu habilidade com o judô quando era interno do Case de Anápolis e hoje deseja continuar a praticar o esporte e, quem sabe, se tornar um atleta profissional. “O judô é um esporte muito interessante para mim porque ele me ajuda a refletir e pensar diferente sobre um futuro melhor, querer vencer na vida e voltar a conviver tranquilamente em sociedade. Minha vontade é ser um atleta e conquistar medalhas”, diz o adolescente, que já está em liberdade há duas semanas.

O Circuito

O Circuito de Cidadania tem como objetivo promover a socialização na base de todas as ações que serão executadas na unidade e oportunizar aos adolescentes aprendizagem, conscientização, prevenção em saúde, promoção da cultura, esporte, inclusão e o convívio social.

O Circuito está sendo realizado em três etapas em diferentes dias, abrangendo atendimento nos eixos de Saúde, Esporte e Cultura. No dia 1 de dezembro os adolescentes participaram do Circuito no eixo da saúde e receberam atendimentos médicos e ambulatoriais.

No dia 14 de dezembro, terceira e última etapa do Circuito, os internos receberão ações direcionadas às manifestações artísticas e culturais.




Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS