Goiânia, 21 de outubro de 2017    




Notícias

(15/08/2014) Vigilantes e recepcionistas passam por treinamento sobre funcionamento do novo sistema de catracas

Curso promovido pela diretoria administrativa e gerência de logística apresentou ao Vigilantes e Recepcionistas o novo modelo de fluxo de entrada/saída através das Catracas de acessso

Os colaboradores que trabalham na área de vigilância e recepção do Hospital Alberto Rassi – HGG participaram nesta terça-feira e quarta-feira, dias 12 e 13 de agosto, de um treinamento funcional sobre o novo sistema de catracas, que vem sendo implantado na unidade desde o dia 31 de julho. Durante o curso, ministrado pelo diretor administrativo do hospital, Alessandro Purcino, e pela gerente de logística, Núbia Borges, os profissionais puderam esclarecer as dúvidas quanto ao novo modelo de fluxo dos colaboradores, e discutir, ainda, medidas de segurança mais eficazes.

De acordo com a gerente de logística do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), Organização Social gestora do HGG, Núbia Borges, o novo sistema vai permitir maior controle de quem entra e sai do hospital, aumentando assim a segurança dos pacientes e colaboradores da unidade. Durante o treinamento, a gerente exemplificou, ainda, algumas situações de vulnerabilidade da segurança em ações de furtos, e atitudes suspeitas. “Apesar de o governo investir em segurança pública, todos nós devemos fazer a nossa parte. É muito importante ficar atento a todas as ações de pessoas desconhecidas”, destaca.

Já o diretor administrativo do HGG, Alessandro Purcino, esclareceu todas as dúvidas dos colaboradores da área de vigilância. Um dos questionamentos foi quanto à entrada de pessoas não cadastradas digitalmente, que Purcino orientou aos vigilantes a fazerem a identificação do colaborador e depois acompanhá-lo até o setor de Recursos Humanos para o cadastro biométrico. “O importante é não deixar que a pessoa vá sozinha, é bom acompanhar e aguardar que o cadastro biométrico seja realizado pelo RH.”

Outro ponto discutido durante o treinamento foi o uso do estacionamento. Segundo Núbia, além da identificação das placas dos carros, os vigilantes deverão realizar agora também a identificação das motos. Além disso, todo motorista deverá estacionar o veículo e depois retornar a catraca para se identificar biometricamente, o mesmo vale para o momento da saída. Para quem se recusar em se identificar nas catracas, a gerente de logística orientou aos vigilantes a realizarem relatório para a diretoria do hospital.

O gerente da Terra Vigilância e Segurança, empresa contratada para realizar o serviço no HGG, Marcelo Vicente aprovou a iniciativa. De acordo com ele, que trabalha há 18 anos na área de segurança, sendo 11 anos prestando serviço para órgãos públicos, a instalação de catracas com identificação biométrica é inédita no setor. “É o primeiro local que presto serviço que tem um projeto assim. Isso é perfeito porque podemos controlar muito mais o fluxo de pessoas dentro do hospital”, completa.

O cadastramento biométrico termina na próxima sexta-feira, dia 15, e a previsão é de que no dia 1º de setembro a entrada e saída de funcionários da unidade comecem a ser controladas por meio das catracas de identificação.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700