Goiânia, 26 de abril de 2017    




Notícias

(28/08/2014) Solidariedade.ponto.com leva inclusão digital à crianças e adultos atendidos pela APAE

Ação aconteceu nesta quarta-feira, 27 de agosto, em comemoração à Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Aparecida de Goiânia recebeu nesta quarta-feira, 27 de agosto, mais uma edição do projeto Solidariedade.ponto.com. Realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), a iniciativa levou para a entidade quatro computadores com acesso à internet, além de vários jogos e videoclipes. Empolgação e alegria não faltou quando as crianças, jovens e adultos atendidos pela unidade viram as máquinas. “Eu quero ouvir música”, dizia uma das crianças. “Eu quero é jogar”, respondia a outra.

“Essa é uma ação de extrema importância para a Apae de Aparecida de Goiânia. As crianças vivem nos perguntando quando é que os computadores vêm novamente e, hoje, elas puderam se divertir mais uma vez graças à parceria com o Idtech”, diz Ana Lúcia Dos Santos Viana, diretora da unidade.

O exemplo de superação ficou por conta de Walkíria Teixeira Silva. Com 38 anos, a jovem mulher de cabelos curtinhos mostrou a todos que não existem dificuldades que não possam ser superadas. Vítima de uma paralisia cerebral, Walkiria possui um adaptador colocado na cabeça que a permite fazer diversas coisas, entre elas mexer no computador e pintar quadros e telas. “A Walkiria está na APAE há cinco anos e ela nos surpreende todos os dias. Ela é um exemplo de superação, de amor à vida. Ela nunca se sente derrotada e o odeia que as pessoas olhem para ela com pena. Ela realmente nos faz crescer”, conta Divina Margarida de Oliveira, psicopedagoga, e que trabalha na unidade há 20 anos.

Participando pela primeira vez do projeto, Alisson Brito Jesus Fleury Curado, de 21 anos, colaborar da Gerência de Compras do Idtech, ficou grato pela experiência vivenciada. “Isso aqui é uma lição de vida. Vendo essas crianças, com todas suas limitações, nos faz pensar o quanto reclamamos injustamente da vida”, pontua.

“Eles nos olham com um olhar sublime, um amor incondicional. Isso nos motiva a fazer mais e mais a cada dia. Escolhemos estar aqui pela esperança de um mundo melhor e mais justo e assim, nos entregamos de corpo e alma”, completa Divina Margarida.

Questionada sobre o que o computador significa em sua vida, a jovem Walkíria Teixeira foi categórica em sua resposta: “significa tudo. Significa poder fazer contato com amigos e conhecer muitas coisas.”

APAE
Esta foi a terceira vez que o projeto de inclusão digital e social do Idtech contempla a entidade. A escola da Apae atende 84 pessoas, entre crianças, jovens, adultos e idosos. Já os usuários clínicos, que são 60, utilizam apenas atendimentos com psicólogos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e assistentes sociais.

Há quatro anos, a unidade realiza a Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. Desta vez, o tema foi “Construindo uma história de igualdade e de oportunidade para todos”.



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700