Goiânia, 23 de setembro de 2017    




Notícias

(24/09/2014) HGG aumentará número de atendimentos odontológicos em pacientes especiais

Nesta terça-feira, dia 23, foi assinado termo de cooperação junto à Ascep, que visa agilizar os tratamentos para pessoas com deficiências múltiplas, que necessitam de anestesia geral

Representantes do Hospital Alberto Rassi – HGG, Associação de Serviço à Criança Especial (Ascep) e Secretaria Municipal de Goiânia assinaram nesta terça-feira, dia 23 de setembro, termo de cooperação que garantirá o aumento de tratamento odontológico em pacientes com deficiências múltiplas, não colaborativos, que precisam que seus procedimentos sejam realizados sob anestesia geral em ambiente hospitalar. Nesta data, a unidade hospitalar iniciou mutirão de atendimentos, que contemplará ao todo 15 pacientes, até sexta-feira.

O Serviço de Odontologia para Pacientes Especiais (Sope) do HGG existe desde 1998 e, com o termo de cooperação, passará a contar com uma grade extra de consultas para o público da Associação. Neste serviço são realizados os procedimentos: restauração dentária, raspagem e limpeza de tártaro, aplicação de flúor, tratamento de canal, remoção de lesões, extração de dentes incluindo o dente siso, entre outros.

“É de grande importância oferecer qualidade de vida para estas pessoas que estão abrigadas na nossa entidade. Tínhamos uma criança gritando a noite inteira nesta condição de sofrimento e dor e assim despertamos para a necessidade de atendimento odontológico”, disse o presidente da Ascep, Celso Omar de Oliveira. Nesta terça-feira, duas meninas receberam o tratamento e mais três abrigados da Associação serão atendidos.

O secretário Municipal de Goiânia, Fernando Machado, disse que ficou especialmente feliz com o trabalho que será realizado junto à Ascep e grato por poder se tornar parceiro. “Eu como anestesiologista já participei pessoalmente deste tipo de procedimento e havia mesmo uma negligência quase total junto aos pacientes especiais”, disse. Segundo ele, todo esforço ainda é pouco para este público que é, em sua maioria, muito carente.

Sope
De acordo com o chefe do Serviço de Odontologia do Hospital Alberto Rassi, Fernando Almas, o atendimento contará também com as orientações da equipe multidisciplinar, com profissionais da psicologia, fonoaudiologia, nutrição, etc. “Ofereceremos tratamento integral”, explicou. Entre os procedimentos em pacientes especiais estão: restauração dentária, raspagem e limpeza de tártaro, aplicação de flúor, tratamento de canal, remoção de lesões, extração de dentes incluindo o dente siso.

São considerados pacientes especiais aqueles que apresentam uma ou mais limitações temporárias ou permanentes de ordem intelectual, física, sensorial e/ou emocional que o impeça de ser submetido a uma situação odontológica convencional, necessitando de procedimento sob anestesia geral e/ou sedação em unidade hospitalar. O especialista nesta área, José Marques Romano, informa que os pacientes têm seus tratamentos realizados no Centro Cirúrgico, após anestesia.
Para ser encaminhado ao Sope, o paciente deverá passar primeiro por um dentista da rede básica, que deverá, após avaliação, regular para o HGG. Este trâmite também ocorrerá com a Ascep, que levará seus moradores para o Cais da Vila Mauá. “Além da Ascep, o HGG conta com estrutura para atender outras entidades, portanto, estamos abertos para novas parcerias”, informa o coordenador executivo do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), organização responsável pelo HGG, José Cláudio Romero.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700