HGG apoia capacitação sobre xeroderma pigmentoso



Treinamento foi realizado para profissionais da atenção básica à saúde do município de Faina, Matrinchã e Goiânia, e abordou temáticas pertinentes à doença em Goiás

A Coordenação de Promoção da Equidade em Saúde e a Gerência de Programas Especiais, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promoveram, nos dias 26 e 27 de setembro, uma capacitação técnica voltada para profissionais da atenção básica à saúde dos municípios de Faina, Matrinchã e Goiânia. O evento contou com o apoio do Hospital Alberto Rassi – HGG, referência no tratamento da doença.

Para a médica e chefe do Serviço de Dermatologia do HGG, Sulamita Chaibud, a capacitação foi produtiva. Ela ministrou palestra sobre a situação dos portadores do xeroderma que vivem na comunidade de Araras. O povoado, que fica a 40 quilômetros de Faina, tem cera de 800 moradores, sendo 114 portadores da doença. “Durante a capacitação pudemos esclarecer muitos pontos sobre a doença, e também diminuir um pouco o estigma que tem em torno do xeroderma, que infelizmente é muito grande”, explica.

Além da comunidade de Araras, outras temáticas foram abordadas durante o evento, como a definição genética e estudos epidemiológicos relacionados à doença, e também o acompanhamento psicológico dos portadores do xeroderma.

Referência
O Hospital Alberto Rassi – HGG é, atualmente, o único centro de referência no tratamento de Xeroderma Pigmentoso no Estado de Goiás. A seção de Dermatologia atende crianças, jovens, adultos e idosos. O acompanhamento é multiprofissional e conta também com profissionais da Neurologia, Oftalmologia, Otorrinolaringologia, entre outros.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS