Goiânia, 20 de setembro de 2017    




Notícias

(29/10/2014) Usuários do Ambulatório recebem orientações sobre a psoríase

Ação foi realizada em alusão ao Dia Mundial da Psoríase, comemorado no dia 29 de outubro. Evento reuniu pacientes que tratam a doença no Hospital Alberto Rassi – HGG e pessoas interessadas

Para lembrar o Dia Mundial da Psoríase, o Hospital Alberto Rassi – HGG promoveu nesta terça-feira, dia 28, ação para orientar os usuários do Ambulatório de Medicina Avançada – AMA sobre a doença. O evento foi conduzido pela coordenadora do Serviço de Dermatologia da unidade hospitalar, Sulamita Costa, e contou com a parceria da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD).

Sulamita explicou aos presentes que a doença é caracterizada por lesões avermelhadas e descamativas que aparecem com mais frequência no couro cabeludo, cotovelos, mãos, pés e joelhos. Além disso, a médica frisou a importância da alimentação no controle da doença. “É importante se atentar para essa questão da dieta. Muitos alimentos que ingerimos podem contribuir para a piora das lesões, como a pimenta e o refrigerante”, alertou.

Durante a palestra conduzida pela dermatologista, muitos usuários do AMA aproveitaram para questionar as dúvidas ou contar experiências com a doença. Ivani José Barros, de 65 anos, e é portadora da doença desde os 10 anos de idade, e realiza o tratamento há 15 anos no HGG. “Eu acredito que essa palestra de hoje ajudou muito as pessoas que não conhecem a doença. Quando eu cheguei tinha um rapaz sentado ao meu lado olhando para o cartaz, e ai eu questionei se ele conhecia a psoríase. Ele achou que era contagioso”, comentou.

O empresário Welton Borba Dias, de 45 anos, ficou sabendo da palestra no Ambulatório pelos meios de comunicação e foi acompanhado da esposa para tirar dúvidas. Ele carrega a psoríase há 11 anos. De acordo com ele, o evento foi dinâmico e a médica soube passar de forma clara as informações sobre a doença. “Foi bom ter vindo porque eu não sabia que a alimentação interfere. Eu não sabia que pimenta, abacaxi e carne de porco faz mal, e tudo isso eu sempre gostei muito de comer.”


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700