Goiânia, 26 de junho de 2017    




Notícias

(24/11/2014) Mais de 150 motociclistas comparecem ao evento de doação de sangue no HGG

Apoio dos motoclubes foi fundamental para a realização do evento ´´Doe sangue ao som do Rockn Roll´´, promovido pelo Idtech e Hemocentro de Goiás. Sangue coletado é capaz de ajudar mais de 200 pacientes

Motores, música, companheirismo e solidariedade. Esta foi a fórmula do sucesso do evento "Doe sangue ao som do Rockn Roll" realizado no Hospital Alberto Rassi - HGG na manhã do último sábado, dia 22 de novembro. Mais de 150 motociclistas compareceram à campanha promovida pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) e Hemocentro de Goiás (Hemogo), que teve como objetivo incentivar a doação de sangue e quebrar paradigmas em torno dos critérios para se tornar um doador.

Um dos doadores foi o policial militar Hugo Vinícius de Souza Andrade, do motoclube Cruz de Ferro. Mesmo com uma grande tatuagem no braço esteve apto para a doação. De acordo com o Hemocentro, é possível doar, desde que o desenho tenha sido feito há mais de um ano. Sobre a iniciativa, o motociclista elogiou o fato de unir a paixão do motociclismo e a solidariedade. "É sempre bom ajudar o próximo. Não custa nada doar", disse.

Logo cedo chegou a motociclista Arikelli Aparecida Florêncio Guerreiro, do motoclube QBU, junto com o seu marido. Apaixonada por motos há oito anos, a gerente financeira também aprovou o evento. "A gente sempre fica sabendo que está faltando sangue, mas também precisamos saber destas iniciativas para a gente tomar a iniciativa de vir. Temos a sensação que é muito burocrático e quando chegamos aqui percebemos que é muito mais fácil doar", comentou ela, que vai incentivar outras pessoas a fazer o mesmo.

Durante o evento, 77 pessoas se candidataram e destas 51 estavam aptas e fizeram a doação. Estas bolsas de sangue poderão ajudar cerca de 200 pacientes, já que cada uma é capaz de salvar até quatro vidas. Este número é suficiente para atender quase dois meses da demanda do HGG, por isso, a doação deve ser algo permanente. É o que alerta o funcionário público Guilherme de Castro, do motoclube Lemurianos. "Tomara que aqui sirva, mais até do que a oportunidade de doar sangue, para incentivar as pessoas que vieram aqui para continuar doando sempre", destacou. Para homens, é possível fazer nova doação após dois meses e mulheres depois de três meses.

O evento contou ainda com a presença do secretário estadual de Saúde, Halim Girade, o superintendente executivo da SES, Oldair Marinho de Fonseca, e o diretor do Hemocentro, Mauro Silva.

Shows de rock
A solidariedade foi movida a rock and roll. Duas bandas estiveram voluntariamente no palco do Hospital Alberto Rassi - HGG neste sábado. A primeira a se apresentar foi a Doctor Gyn, cujo baterista é médico anestesiologista da unidade, Marcelo Roriz. O grupo empolgou os presentes com os clássicos nacionais e internacionais, como Barão Vermelho e Guns N Roses. Já a banda Dry Mouth levou o peso do heavy metal, com covers do Deep Purple, Scorpions e Pink Floyd.

O paciente Sirlane Simões não resistiu ao som das bandas e foi para o Ambulatório ver de perto o show ao vivo. "Já estou há 43 dias internado porque vou fazer a cirurgia bariátrica e a música ajuda a passar o tempo. É uma iniciativa muito interessante. Nunca imaginei que ia ver uma banda de rock, um estilo que adoro, dentro do hospital", disse o artesão.

O vocalista da Dry Mouth, Jordan Guimarães, acostumado a se apresentar em bares e eventos de rock disse também nunca ter passado pela cabeça que seu próximo palco seria um hospital. "O hospital é um ambiente que lembra sofrimento e dor. Você trazer a música para este local e ver o paciente sorrindo, batendo pé, é gratificante", declarou. Ele ainda destacou o papel do rock em uma iniciativa que visa a solidariedade. "O rock passa essa mensagem da união e esperamos que este evento seja o primeiro de muitos."


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700