Goiânia, 14 de dezembro de 2017    




Notícias

(08/01/2015) Colaboradores participam de treinamento de técnicas de aspiração endotraqueal e de vias aéreas superiores

O curso aconteceu na última terça-feira 6 de janeiro e foi ministrado em horários alternados. A previsão é que o resultado das provas saia na próxima semana

Aspiração endotraqueal e de vias aéreas superiores, ou apenas, limpeza dos pulmões do paciente. Os enfermeiros, técnicos de enfermagem e equipe multiprofissional do Hospital Alberto Rassi – HGG participaram na última terça-feira, 6 de janeiro da primeira parte do treinamento que abordou as técnicas para a realização deste procedimento que foi ministrado em três horários diferentes e reuniu 91 profissionais.

Na primeira parte os profissionais participaram de aula expositiva-teórica com uma hora e meia de duração. Em seguida, os profissionais fizeram uma prova objetiva de múltiplas escolhas. O enfermeiro Kelbison Gomes foi o primeiro a terminar a prova. “Adorei o treinamento. Apesar de ser um procedimento que lidamos diariamente, é sempre bom reciclar”. A enfermeira da clínica médica Bárbara Guedes também gostou do curso e achou a prova fácil. “Gostei bastante do curso e da palestrante, que tem domínio do assunto e soube envolver os profissionais. Achei a prova fácil e acho que passei para a próxima etapa”, disse.

Os treinamentos foram ministrados pelos fisioterapeutas Everson Bruno dos Santos Machado, Mariana Ribeiro Silva e Kemil Rocha Sousa, idealizador do treinamento neste formato, com aula expositiva-teórica, prova objetiva e treinamento prático. A fisioterapeuta Mariana Ribeiro Silva que forneceu o treinamento no período matutino, avaliou positivamente a iniciativa. "Precisamos treinar a equipe e estimulá-la a ser pró-ativa, visando sempre a saúde do paciente. Quanto mais capacitada estiver a equipe, melhor será a qualidade do nosso serviço."

A próxima parte do treinamento acontece após o resultado da prova objetiva. Os profissionais que alcançarem nota 7,0 na avaliação serão submetidos a treinamento prático no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e/ou nas enfermarias, onde verão o passo a passo da técnica sendo realizada inicialmente por outro profissional mais experiente, do quadro de fisioterapeutas do hospital. O ato contínuo realizará sob supervisão daquele profissional mais quatro aspirações endotraqueais e/ou de vias aéreas superiores, durante as quais será avaliado quanto ao domínio, eficácia e assepsia da técnica.

A enfermeira da seção de Educação Continuada do hospital, Fabrícia Cândida explica que o objetivo do treinamento é capacitar a equipe interna. “A aspiração é uma técnica necessária a muitos pacientes internados e que precisa ser executada em alguns casos, várias vezes por dia. Assim, é muito importante que toda a equipe saiba reconhecer o momento que um paciente necessita e saiba realiza-la. As palestras são importantes, mas esse tipo de conhecimento aplicado, que você testa o conhecimento do profissional e avalia, tem um acréscimo maior, pois ele acaba realmente captando a nossa informação referente ao treinamento”, disse.

Os profissionais que não obtiverem a nota 7,0 ou superior poderão participar novamente do treinamento e realizar nova verificação de aprendizagem. O resultado está previsto para a próxima semana.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700