Goiânia, 27 de junho de 2017    




Notícias

(13/02/2015) Membros do Nós Podemos Goiás se reúnem para discutir ações

Encontro discutiu as ações que deverão ser realizadas ainda este ano, e apresentou aos membros o termo de adesão da Universidade Federal de Goiás e as atividades em alusão ao Dia Nacional do Livro

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, dia 12 de fevereiro, a segunda reunião ordinária do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade (MNCS) – Nós Podemos Goiás. O encontro reuniu membros para tratar sobre o termo de adesão que será assinado pela Universidade Federal de Goiás (UFG), além da proposta para a realização de uma atividade em alusão à leitura, tema de trabalho sugerido pela Secretaria Nacional de Mobilização do Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade para o mês de fevereiro, em alusão ao Dia Nacional do Livro Didático, 27 de fevereiro.

A reunião foi comandada pelo coordenador do núcleo estadual, Alex Lima, que falou aos participantes sobre as prioridades para este ano no movimento. Segundo ele, três focos serão destacados: o alcance das metas do milênio para 2015, a transição para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) e, sobretudo, a municipalização dos núcleos. “O movimento, apesar de ter uma coordenação, ele é de todos nós. Por isso, eu peço a contribuição e comprometimento de todos vocês no desenvolvimento de ações”, disse.

Além disso, o coordenador estadual apresentou para os membros do núcleo Eduardo Matos, que é ex-morador de rua e agora coordena o Movimento População de Rua em Goiás. De acordo com Matos, Goiás é o 12º a aderir ao movimento que luta pelos interesses- desses cidadãos e também o Estado que mais viola os direitos da população em situação de rua.

O movimento População de Rua teve a participação do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), instituição âncora do Nós Podemos Goiás, na sua formação. “O Nós Podemos Goiás é de grande interesse para nós, sim. Quero vir a mais reuniões, entender como funciona o movimento de vocês para saber como nós vamos ajudar um ao outro”, pontuou Eduardo.

O encontro serviu também para falar sobre a adesão da Universidade Federal de Goiás (UFG) ao movimento. O termo deverá ser assinado nos próximos 15 dias, já que está em fase de análise pelo departamento jurídico da entidade. Outro ponto discutido foi o evento que deverá ocorrer em meados de março em alusão ao Dia Nacional do Livro Didático. Os participantes aprovaram a ideia de trabalharam em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc), que possui o projeto “Biblioteca Ambulante”, e sugeriram também outras parcerias que poderão ser firmadas, como a Editora Kelps e a Secretaria de Estado da Cultura.

Participaram da reunião a consultora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvida (Pnud), Ana Paula Sabino, que falou sobre as experiências que Brasília está tendo com o movimento nas Universidades, e também a representante da Universidade Estadual de Goiás (UEG), que contou aos membros sobre o projeto TampaMania, que arrecada tampas e a cada 350 kg são trocadas por cadeiras de rodas.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700