Goiânia, 22 de outubro de 2017    




Notícias

(02/03/2015) Cirurgião dentista do HGG é o único brasileiro em missão no Equador

Fernando Almas, coordenador do Proface, integra equipe da ONG Global Smile Foudation. Profissional embarca nesta quarta-feira e fará cirurgias de alta complexidade

O cirurgião bucomaxilofacial e coordenador do Programa de Tratamento de Deformidades Faciais (Proface) do Hospital Alberto Rassi – HGG, Fernando Almas, embarca no próximo dia 4 de março para uma missão no Equador. Ele foi convidado pelo segundo ano consecutivo para compor a equipe multidisciplinar da ONG Global Smile Foundation (GSF), que desta vez irá realizar cirurgias de alta complexidade no território equatoriano. Fernando é o único brasileiro do grupo e irá atuar com profissionais de vários países incluindo Estados Unidos (EUA), Equador, China e Índia.

A missão começa no dia 6 e se estende até 15 de março. “Além da troca de experiências, de conhecimento e poder conviver com profissionais de alto gabarito, como é o caso do presidente da GSF, Osama Hamdan, que é formado na Harvard Medical School, nós também queremos estreitar as relações. Fizemos o convite ao Osama e ele confirmou que vem ao Brasil e vai visitar o HGG em setembro deste ano”, informou.

Nessa mesma missão no Equador, o grupo realizou no ano passado a reconstrução de lábio leporino em 127 pacientes. Contabilizaram ainda, 1.034 procedimentos odontológicos e 230 procedimentos multidisciplinares, que inclui consultas com fonoaudiologia, fisioterapia, entre outros. A GSF descreve em seu site que a cirurgia por si só não é suficiente para corrigir deformidades. Por isso é importante que a equipe esteja completa com profissionais de todas as áreas.

A ONG foi fundada em 2008 em Massachusetts, nos EUA e é uma organização sem fins lucrativos. Os membros fundadores médicos são voluntários dedicados e que estão ativamente envolvidos com programas de alcance global. O trabalho é realizado há 24 anos, em países da America Latina, África, Oriente Médio e do subcontinente indiano. Juntos, os médicos perceberam que além das cirurgias, é necessário oferecer assistência integral juntamente com programas educativos e preventivos.

“Eu me sinto verdadeiramente realizado com esse trabalho. É uma honra estar evoluindo dentro da Global Smile Fundation. Sou um jovem idealista e quero ir para o Equador e ser útil. Conseguimos realizar um bom trabalho no HGG, onde zeramos a fila do Proface. E queremos levar essa mesma excelência do trabalho realizado aqui para aqueles que necessitam lá fora”, finalizou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700