Goiânia, 29 de maio de 2017    




Notícias

(10/03/2015) Governador do Mato Grosso do Sul visita HGG

Acompanhado do seu secretariado e do secretário de Saúde de Goiás, Reinaldo Azambuja elogiou a gestão do Hospital Alberto Rassi – HGG na última quinta-feira

Resultado, eficiência e qualidade do serviço prestado. Foi isso que o governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, disse que viu no Hospital Alberto Rassi – HGG, durante visita na última quinta-feira, dia 5 de março. Convidado pelo secretário de Saúde, Leonardo Vilela, e acompanhado por seus secretários, Azambuja conheceu enfermarias, Centro de Terapia Intensiva (CTI), o Ambulatório de Medicina Avançada (AMA), entre outras áreas da unidade hospitalar.

“Uma estrutura bem organizada, ótima gestão e um bom atendimento, acredito que é o que a gente procura para os pacientes do SUS”, ressaltou o governador que estava em Goiânia devido um encontro com o governador Marconi Perillo para discutir os caminhos do setor sucroenergético no Brasil. A visita mostrou as transformações do HGG após a gestão da organização social Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), que assumiu em março de 2012.

De acordo com o governador, o HGG prova que o modelo de gestão por meio das organizações sociais funciona bem. “Este modelo deve ser seguido por hospitais do Brasil inteiro. Já estamos com este estudo no Mato Grosso do Sul para ampliar as nossas parcerias”, revelou. A visita foi orientada pelo coordenador executivo do Idtech, José Cláudio Romero, que apresentou além da estrutura, os projetos de humanização e de controle social da unidade, como por exemplo, o Sarau do HGG (que leva música semanalmente aos pacientes, acompanhantes e colaboradores) e o Gestão Cidadã (que oferece diversos canais de comunicação com os usuários).

O secretário de Saúde, Leonardo Vilela, fez questão de mostrar a qualidade assistencial do Centro de Terapia Intensiva (CTI), considerado por muitos visitantes semelhante ao de hospitais referência como o Albert Einstein e Sírio Libanês. “Observem as estativas, que são fixadas no teto, para contribuir com a limpeza e assim, reduzindo a infecção hospitalar”, explicou ele sobre os cuidados do lugar.

O secretário de Saúde do Mato Grosso do Sul, Nelson Tavares, havia tido contato com Leonardo Vilela em um evento no Ministério da Saúde e já tinha sido informado sobre o sucesso da gestão do Governo de Goiás no setor. “A nossa impressão é exatamente a ideia que nos foi passada e é fantástica. É indefensável você continuar trabalhando só na administração direta pública. Você precisa das parcerias. Isso é salutar, saudável.”


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700