Pacientes pintam quadros pela primeira vez



ficina de Arte aconteceu na tarde de terça-feira, 10 de março, e reuniu pacientes e acompanhantes do HGG

Os pacientes do Hospital Alberto Rassi – HGG chegam para a Oficina de Arte acanhados e receosos por nunca ter experimentado desenhar ou colorir uma tela antes. O lavrador Antônio Cardoso da Silva tratou logo de avisar “Nunca peguei em um pincel na vida, já vou avisando”. Ele está internado na unidade para tratar problemas no coração e era um dos mais sorridentes da Oficina.

Entre um traço e outro, e com orientação do professor da Escola de Artes Visuais Alexandre Liah, o lavrador construiu uma paisagem com grandes coqueiros, e ficou animado com o resultado. “O desenho não ficou muito bom, mas eu gostei da experiência”, revelou. A técnica de enfermagem e assistente social Adelice Francisca dos Santos está na unidade aguardando para fazer uma cirurgia de redução da mama. Ela se internou no mesmo dia da Oficina e aprovou a iniciativa. “Isso daqui faz um para nós, que você não imagina”, disse.

No fundão, o professor universitário Maxdelber de Jesus Gonçalves expressava na tela o que quer para a vida “No stress”. Ele desenhou uma fazenda e um homem pescando. O paciente está internado para realizar vários exames do coração. Ele pegou alguns resultados e estava feliz. “Peguei alguns exames e pelo visto está tudo sob controle. Amanhã recebo alta”.

A dona de casa Jandira Pereira Barros está internada esperando pela cirurgia bariátrica. Ela é moradora de Guapó – Goiás, e está recebendo os cuidados da filha Lorena Cristina Martins que auxiliou a mãe na pintura do quadro. “Eu gostei da oficina. Ajuda a gente a passar o tempo”, expressou a paciente. “Aqui não temos motivos para reclamar. Somos muito bem atendidos”.



Quer receber notícias e novidades do Idtech diretamente no seu e-mail?

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

© IDTECH - TODOS OS DIREITOS RESERVADOS