Goiânia, 12 de dezembro de 2017    




Notícias

(10/04/2015) Amauri Garcia se apresenta por mais de cinco horas no Sarau do HGG

O cantor, “saralista nato”, como ele mesmo define, se apresentou nesta quarta-feira, 8 de abril, no Hospital Alberto Rassi. Apresentação teve duração de cinco horas e meia

O Sarau do Hospital Alberto Rassi – HGG desta quarta-feira, 8 de abril teve duração recorde: 5 horas e meia de voz, violão e muita vontade de fazer o bem. O cantor Amauri Garcia se apresentou pela sexta vez na unidade hospitalar na fiel companhia da esposa Naiá Prado e da amiga Miriam Suzuki.

Pela primeira vez, o Sarau passou pela Central Humanizada de Internação (CHI). “Geralmente quando a gente começa a música, a CHI está vazia, e hoje encontramos aqui lotado, resolvemos começar por aqui”, disse a coordenadora do Sarau, Lili Moreira. “Chão de giz” foi a trilha sonora escolhida para embalar a tarde de quem aguardava o momento da internação.

No Ambulatório de Medicina Avançada (AMA), uma surpresa. “Opa, é meu irmão gêmeo”, brincou Amauri ao se referir ao aposentado Júlio Teixeira. Com os cabelos e barba brancos, o aposentado sorria para as fotos que registravam a semelhança entre ambos. O paciente que também participou do evento em alusão ao Dia Mundial do Parkinson gostou da cantoria. “Esse hospital não para, é diversão o tempo todo”, disse.

No Centro de Terapia Intensiva (CTI), um aniversariante se preparava para a cirurgia no dia seguinte. O matogrossense Edilson Elias de Oliveira internou no mesmo dia que completou 26 anos para a realização da cirurgia de fístula anal. A mãe dele, a dona de casa Lindinalva da Conceição Batista chorou quando escutou a música “Noites traçoeiras”, e foi amparada pelas convidadas do Amauri. “Muito obrigada por tudo. Foi muito lindo”, agradecia a mãe.

Ainda no CTI, o paciente Gustavo Américo Diniz de 92 anos que está internado para tratar uma colecistite aguda, se esforçava para cantar hinos evangélicos. No final, ainda recitou um versículo da bíblia e agradeceu o carinho do cantor. “A memória do senhor está melhor que a minha”, parabenizou Amauri.

Além de muita emoção, o Sarau desta edição também proporcionou um reencontro. Lucimar Costa, de 40 anos está se recuperando de uma cirurgia no ombro e logo reconheceu o antigo amigo. “Você não está me reconhecendo”, ela disse para o cantor, que realmente não se lembrava dela. “Trabalhei na sua casa quando a sua filha era pequena”. A partir de então, foram várias lembranças. A esposa do cantor se lembrou da amiga e ficou feliz em reencontra-la. “Meus filhos estão todos grandes. A minha filha que você ajudou a cuidar, virou advogada e já está com 26 anos. O meu filho mais novo vai ser papai. Como o tempo passa”. E a conversa foi longe.

Após a longa caminhada percorrida por todo o hospital, os “saralistas”, como mesmo define Amauri estavam cansados fisicamente, mas renovados mentalmente. “Apresentar no HGG é sempre uma experiência renovadora. A cada apresentação, tenho a sensação de ser a primeira vez, pela emoção e aprendizado. É muito diferente dos shows em palco. Aqui, nós vamos a procura da verdadeira transformação de nós mesmos. Agradeço sempre a Deus por poder levar a minha música para essas pessoas e me aproximar mais delas. Adoro esse trabalho”, afirmou Amauri.

A convidada especial da noite Miriam Suzuki também aprovou a experiência. “Tinha muita vontade de conhecer o HGG e hoje fiquei encantada. Emocionei bastante, principalmente no CTI. Passar pelas alas do hospital, levando música, alegria e amor foi muito prazeroso. Vivenciei emoções muito fortes nesta noite. A cada rosto, uma experiência de vida, uma história de dores e sofrimentos. Me fez refletir sobre a vida, e cheguei a conclusão que tenho que agradecer a Deus por tudo que sou e tenho, principalmente a saúde. A estrutura do HGG é maravilhosa, não imaginava um hospital público tão bem estruturado. Espero participar do Sarau outras vezes”, finalizou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700