Goiânia, 29 de maio de 2017    




Notícias

(24/04/2015) Comissão de Saúde promove reunião na Assembleia Legislativa

Nesta quinta-feira, dia 23 de abril, representantes das organizações sociais mostraram a evolução da gestão dos hospitais do Estado. HGG está entre as unidades elogiadas pelos parlamentares

Os resultados da gestão do Hospital Alberto Rassi – HGG e de outras unidades hospitalares, após decisão do Governo de Goiás em estabelecer parcerias com as organizações sociais (OSs), foram apresentados na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira, dia 23 de abril. A reunião foi promovida pela Comissão de Saúde e Promoção Social, presidida pelo deputado estadual Gustavo Sebba, com o objetivo de discutir a “Saúde em Goiás antes e depois das OSs”.

O diretor técnico do HGG, Rafael Nakamura, foi o primeiro a apresentar a evolução do Hospital desde quando o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) assumiu a gestão, em março de 2012. “O HGG se tornou referência em tratamentos complexos e de alto custo, pois agora fornece a estrutura necessária para atender os pacientes do SUS”, disse o médico que mostrou toda a evolução da infraestrutura e da assistência hospitalar.

Nakamura destacou que o período de gestão do Idtech deve ser visto de forma qualitativa, pois foi resgatado o perfil hospitalar, onde casos mais complexos estão sendo tratados. De acordo com o diretor, os números por si só não demonstram os tipos de atendimento que o Hospital passou a fazer após uma verdadeira transformação em prol da qualidade e segurança do paciente. O diretor destacou ainda os reconhecimentos recebidos nos últimos três anos pela excelência oferecida na unidade, como por exemplo a Acreditação Hospitalar e o Prêmio Saúde, da editora Abril.

O presidente da Comissão, Gustavo Sebba, parabenizou pelas melhorias realizadas no Hospital Alberto Rassi - HGG. Disse ainda que, por ser médico e ter feito residência médica nesta unidade hospitalar, conhece bem a realidade e a necessidade do resgate do perfil assistencial de média e alta complexidade, o que está sendo feito por meio da gestão da Organização Social. O vice-presidente da Comissão, o deputado Dr. Antonio, reiterou a fala do diretor do HGG, quanto à complexidade dos casos recebidos no HGG. “Não se pode comparar uma cirurgia de vesícula com um transplante”, disse.

Agradecimento
O superintendente executivo da Secretaria de Estado da Saúde, Halim Girade, agradeceu às organizações sociais pela parceria e parabenizou por conseguirem que as unidades hospitalares se tornassem de qualificadas e acreditadas, com aprovação dos usuários acima de 97%.

Sobre os repasses da Secretaria da Saúde para as organizações sociais, o representante da SES disse que correspondem a 45% do orçamento total da pasta. “O valor total dos contratos passou de R$ 40 para R$ 52 milhões nos últimos três anos. 28% é pouco considerando a inflação que o país vem sofrendo. É muito pouco para tanta qualidade oferecida na rede pública”, destacou. Girade defendeu ainda que, o contrato da Secretaria com o Idtech precisava mesmo receber um incremento, já que houve a inauguração de mais 29 leitos de terapia intensiva.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700