Goiânia, 18 de agosto de 2017    




Notícias

(17/06/2015) Junho Vermelho no HGG incentiva doação de sangue

Durante este mês, a fachada do HGG estará iluminada de vermelho. Ação visa incentivar a população para doações de sangue

O Junho Vermelho surgiu com a ideia de conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue como hábito constante. Como forma de chamar a atenção sobre a campanha, o Hospital Alberto Rassi – HGG manterá iluminado em vermelho, durante todo o mês de junho, a fachada da unidade.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a recomendação é que, no mínimo, 5% da população seja doadora. No Brasil essa porcentagem não chega aos 2%. Em 2014, foram coletadas cerca de 3,6 milhões de bolsas de sangue, quantidade responsável por 3.127.957 transfusões ambulatoriais e hospitalares.

De acordo com a chefe da Agência Transfusional do hospital, Yana Rabelo, o HGG precisa de cerca de 450 bolsas de sangue por mês para a realização de cirurgias, para a terapia intensiva ou mesmo para tratamento clínico. “Essa campanha é muito importante porque os brasileiros não possuem o hábito de doar sangue. Não apenas em Goiás, mas no país inteiro os bancos públicos sofrem com o estoque baixo”, afirmou.

No Estado, as doações podem ser feitas no Hemocentro que fica na Avenida Anhanguera, nº 5195, Setor Campinas, em Goiânia. Os telefones de contato são (62) 3201-4570 / 3201-4580/ 3201-4564. O Hemocentro funciona de segunda à sexta das 7h30 às 18 horas. Nos finais de semana e feriado, funciona em horários especiais. Confira a seguir as condições para fazer a doação:

Condições básicas para doar sangue
- Gozar de boa saúde;
- Pesar acima de 50 quilos;
- Ter entre 16 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos). Menores de 18 anos precisam de autorização;
- Além disso, antes da doação, o candidato passa por triagens (Hematológica e Clínica) para verificar se está em condições de doar ou não.

Quem não pode doar sangue?
- Pessoas que tiveram Hepatite ou Doença de Chagas;
- Pessoas com Malária ou Sífilis;
- Usuários de drogas que compartilham seringas injetáveis;
- Homens e mulheres com múltiplos(as) parceiros(as) sexuais e que mantenham suas relações com penetrações, sem o uso de preservativo (camisinha);
- Parceiros sexuais de pessoas infectadas pelo HIV ou enfermos com AIDS;
- Pessoas com histórias prévias, recentes, de doenças sexualmente transmissíveis;
- Mulheres grávidas.
- Outros (restrições / inaptidões de acordo com a RDC 153 de 14/06/2004).


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700