Goiânia, 23 de setembro de 2017    




Notícias

(26/06/2015) Pacientes obesos recebem balão intragástrico neste sábado

Hospital Alberto Rassi – HGG realiza procedimento para redução de peso de 13 pessoas que estão inseridas no Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO)

Neste sábado, dia 27 de junho, treze pacientes do Hospital Alberto Rassi – HGG receberão balões intragástricos para ajudar na redução do peso. O grupo é formado por pessoas que estão superobesas ou que, apresentam comorbidades como pressão alta e diabetes, por exemplo. Os procedimentos iniciam às 8h30 pela equipe de gastroenterologia da unidade e serão realizados com o respaldo dos cirurgiões bariátricos.

Todos os pacientes que receberão o balão intragástrico estão em tratamento no Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO) do HGG. De acordo com a diretora de Serviços Multidisciplinares do hospital, Rogéria Cassiano, a seleção dos pacientes obedeceu alguns critérios. “Pacientes que estão há longos anos com acompanhamento nutricional e que mesmo assim não conseguem reduzir o peso suficientemente para a cirurgia bariátrica, além daqueles que a obesidade é uma ameaça à vida pois apresentam doenças associadas”.

Entre os pacientes que vão receber o balão intragástrico está o tratorista Ednaldo Ferreira de Faria, com 330 quilos. O procedimento vai agilizar o preparo para a futura cirurgia bariátrica. Há mais de oito anos se preparando para cirurgia bariátrica, Weslane da Silva também vê no balão uma esperança para a redução do peso. Outro que também será atendido é o jovem Rhuan Souza de Castro, com 190 quilos e 23 anos.

Os pacientes estão sendo internados desde quinta-feira. Os procedimentos serão realizados durante a Ação Concentrada, uma iniciativa do HGG para a utilização do centro cirúrgico aos sábados e ampliar a produtividade cirúrgica. Participarão 10 médicos, sendo quatro gastroenterologistas, dois residentes, um cirurgião bariátrico e três anestesiologistas, além da equipe de enfermagem.

De acordo com o chefe do Serviço de Gastroenterologia, Américo Silvério, a colocação dos balões intragástricos pode reduzir os riscos das cirurgias bariátricas. “Com a redução do peso, há maior controle da pressão arterial e e traz maior facilidade técnica para o cirurgião”, explica. O emagrecimento dependerá do seu controle nutricional, mas é possível perder de 10 a 15 quilos em seis meses.

O balão é contraindicado para pessoas que apresentam doenças associadas no estômago, como úlceras. Após o procedimento, os pacientes devem seguir uma dieta líquida e gradualmente voltando para os alimentos comuns, mas em menor quantidade. “O balão serve exclusivamente para dar uma saciedade precoce ao paciente”, explica o gastroenterologista.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700