Goiânia, 27 de maio de 2017    




Notícias

(06/07/2015) CTI do HGG oferece serviço de odontologia hospitalar

Desde a inauguração do Centro de Terapia Intensiva (CTI), o Hospital Alberto Rassi – HGG tem cuidado com a saúde bucal dos pacientes. Serviço é considerado de referência

O Hospital Alberto Rassi – HGG, desde a inauguração do novo Centro de Terapia Intensiva (CTI) em outubro de 2013, conta com o trabalho do cirurgião dentista para o cuidado da saúde bucal em pacientes em tratamento intensivo. A equipe é formada por quatro profissionais especializados que visitam todos os 40 leitos de segunda à sexta-feira e tem como principal objetivo oferecer saúde e bem-estar ao paciente.

De acordo com o cirurgião dentista Sérgio Majadas, o serviço de odontologia no CTI é muito importante para a recuperação do paciente. “Existe um ditado que a saúde começa pela boca. Os principais objetivos desse serviço é evitar infecções hospitalares, reduzir o tempo de internação do paciente, e auxiliar a equipe multidisciplinar. Trabalhamos em sintonia com os outros profissionais como fisioterapeutas, enfermeiros, nutricionistas, fonoaudiólogos, por exemplo”.

Os principais serviços dos cirurgiões dentistas no CTI são remoção de focos infecciosos e tratamento de doenças periodontais. “Fazemos um tratamento preventivo, como adequação da cavidade bucal e limpeza. Além disso, caso haja algum paciente com fratura, pedimos para o cirurgião bucomaxilofacial fazer uma avaliação”, afirmou.

Atualmente existem dois projetos de lei que determinam a obrigatoriedade de um profissional cirurgião-dentista nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). Um está tramitando em nível nacional, no Senado, e outro tramita na Câmara dos Vereadores de Goiânia. Se for aprovado, todos os hospitais públicos e privados precisarão se adequar às novas regras.

Segundo a presidente do Departamento de Odontologia da Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB), Teresa Morais a falta de tratamento dentário aumenta a possibilidade de infecções e sepse nas Unidades de Terapia Intensiva e pode causar até pneumonia — doença responsável por 30% das mortes nesse ambiente. “Procedimentos odontológicos simples e com baixo custo podem prevenir inúmeras complicações e diminuir expressivamente os gastos com a saúde. Além da diminuição do tempo de internação dos pacientes e a prevenção de doenças graves”, afirmou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700