Goiânia, 24 de outubro de 2017    




Notícias

(31/07/2015) Bel Maia e Marcelo Maia interagem com público em Sarau do HGG

Show aconteceu nesta quinta-feira, 30 de julho no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade. Músicos divertiram a plateia

O Sarau do Hospital Alberto Rassi – HGG desta quinta-feira, 30 de julho contou com a intensa participação do público. Os músicos Bel Maia e Marcelo Maia colocaram os pacientes, familiares e colaboradores para levantar da cadeira, dançar, cantar e até para simular o barulho da catira, com as palmas das mãos. O casal se apresentou na unidade pela primeira vez e divertiu a plateia em um show animado no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA).

A música escolhida pelos artistas para abrir o show foi “Coisas simples”, composição de Bel Maia. Ela explicou que a canção foi escolhida propositalmente. “Estamos muito felizes em estar aqui hoje e participando desse projeto maravilhoso. Essa música fala que a felicidade está na riqueza das coisas simples. Muitas vezes não valorizamos as pequenas coisas, e essa mensagem nós queremos deixar para vocês. Valorizem as coisas simples”, disse.

Entre uma canção e outra, Marcelo convidou a plateia para simular o barulho da catira com as palmas das mãos. A pessoa escolhida pelo músico para ensinar o gesto foi a aposentada Idalides Gondim. Ela estava na primeira fileira de cadeiras e batia palmas fortemente. “A senhora é goiana da roça mesmo né? Sabe direitinho o barulho da catira”, disse Marcelo. Ela respondeu que nasceu eu foi criada na roça, na cidade de Catalão, e adora o barulho da dança.

Idalides internou no mesmo dia do Sarau. Ela conta que trabalhou por trinta anos como merendeira, e como precisava ficar em pé várias horas por dia, adquiriu problemas no joelho. Ela aguarda por uma cirurgia ortopédica que deve acontecer ainda essa semana. “Enquanto não acontece a cirurgia, a gente diverte com o Sarau. Gostei muito dos cantores. O show foi muito animado”.

O estudante Anderson Abrão, faz tratamento na unidade com a equipe de gastroenterologia. Ele foi até o hospital para consultar e aproveitou para assistir o show. Foi convidado para cantar juntamente com outra paciente um clássico gospel “Cem ovelhas”, do cantor Ozéias de Paula. “Faço tratamento aqui desde o ano passado. Estive um tempo internado no Centro de Terapia Intensiva (CTI), e o Sarau foi até lá. Não acreditei quando vi os cantores, com violão na mão levando música para nós internados no CTI. É muito emocionante”.

Os músicos levaram um CD e um DVD para sortear entre os pacientes, mas mudaram de ideia. “Resolvemos que vamos dar os CDs para cada um que esteve aqui presente e participou conosco do Sarau”, afirmou Marcelo. Ele disse que o projeto é fantástico. “Viemos com um repertório pronto, mas mudamos quando sentimos o público. Foi um show diferente, e fizemos especialmente para os pacientes”, completou o músico.

Bel Maia afirma que adorou participar. “Há muito tempo eu estava de olho nesse projeto. Eu acho que o artista tem essa função de levar alegria para o público. Para nós artistas é até mais importante que para eles”, disse. Além de presentear os pacientes com CDs e DVDs, os músicos prometeram voltar para ministrar uma oficina de origami.



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700