Goiânia, 27 de junho de 2017    




Notícias

(31/08/2015) Cirurgia Geral do HGG opera dez pacientes no último sábado de agosto

Ação Concentrada de Cirurgias Eletivas aconteceu neste sábado, 29 de agosto e atendeu dez pacientes. Objetivo é reduzir a fila de espera por cirurgias e proporcionar maior experiência para os médicos residentes

O mestre de obras José Lopes de Faria estava na fila para a cirurgia de hérnia há pouco mais de um mês. Morador de Águas Lindas de Goiás, José trabalhava em sua terra natal, até que começou a sentir fortes dores na virilha. “Recebi o primeiro atendimento na minha cidade. Por se tratar de cirurgia, a Secretaria de Saúde de Águas Lindas me encaminhou para Goiânia. Em menos de dois meses, consegui a cirurgia”, afirmou.

Ele conta que não esperava que conseguiria a cirurgia em tão pouco tempo e está otimista. “Tenho hérnia na virilha do lado direito e não posso nem pegar peso que sofro bastante. Quando soube que seria operado, achei muito bom e fiquei muito feliz. Depois da cirurgia, espero poder levar a vida normal e poder voltar a trabalhar”.

José Lopes e outros nove pacientes foram operados na manhã deste sábado, 29 de agosto no Hospital Alberto Rassi – HGG. A iniciativa é denominada Ação Concentrada de Cirurgias Eletivas e desde maio, acontece todos os sábados na unidade. O objetivo da Ação é diminuir o tempo de espera para pacientes do SUS que aguardam por cirurgia, aproveitar a capacidade do Centro Cirúrgico, além de proporcionar maior experiência para médicos residentes.

O motorista Edvaldo Jardim Pereira também estava feliz da vida neste final de semana. Ele disse que não esperou nem um mês e foi chamado para realizar a cirurgia de vesícula. “Eu comecei a sentir muitas dores e fui internado em um pronto socorro. Fiz alguns exames e os médicos indicaram cirurgia. Fiquei muito feliz quando soube que iria operar aqui no HGG. A equipe me orientou que os procedimentos são rápidos e posso receber alta em breve”.

Foram realizadas cinco retiradas de vesícula por videolaparoscopia, uma cirurgia de hérnia umbilical, uma exérese (remoção) de cisto sebáceo, duas hernioplastias inguinal e uma hernioplastia epigástrica. O chefe da especialidade de Cirurgia Geral, Héber Cardoso afirmou que os procedimentos são de média complexidade. “As cirurgias duram em torno de uma hora. Conseguimos fazer muitos procedimentos em um tempo menor, porque o Centro Cirúrgico fica exclusivo para nós. Além de proporcionar maior experiência para os nossos médicos residentes, que podem atuar juntamente com os seus staffs”, finalizou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700