Goiânia, 21 de novembro de 2017    




Notícias

(15/09/2015) UTI cênica do HGG movimenta Congresso de Odontologia

Evento científico aconteceu entre os dias 10 e 12 de setembro no Centro de Convenções de Goiânia. Além da UTI cênica, estande contou com palestras e teste de higienização das mãos

Em uma iniciativa inédita, o Hospital Alberto Rassi – HGG em parceria com a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) e a Sociedade de Terapia Intensiva do Estado de Goiás (Sotiego) levaram para o Congresso Internacional de Odontologia de Goiás (CIOGO) uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) cênica. A estrutura montada em um estande do CIOGO despertou a curiosidade dos congressistas.

O estudante de Odontologia Hélio Frank Gomes Caetano participava do Congresso quando viu a UTI Cênica e se aproximou para obter mais informações. Ele disse que apesar de nunca ter tido contato com uma UTI, é uma grande vontade trabalhar em hospital. “Eu achei bastante interessante toda essa estrutura no Congresso. Pude ver como é o funcionamento de uma UTI, e ter ainda mais certeza que quero trabalhar no ambiente hospitalar”, afirmou.

O evento aconteceu no Centro de Convenções de Goiânia entre os dias 10 e 12 de setembro. Quem passava pelo local, também era convidado a fazer o teste de higienização das mãos. A estudante de Odontologia Nazra Nascimento Naciff ficou impressionada com o resultado. “É importante que todo mundo faça o teste de higienização das mãos. Eu fiquei impressionada com a quantidade de germes que ficam mesmo após a lavagem”.

Além disso, durante os três dias de CIOGO, vários profissionais ministraram palestras no estande. A fonoaudióloga do HGG, Vanessa Américo abordou a atuação fonoaudiológica em Unidades de Terapia Intensiva. “O grande foco da palestra foi mostrar a importância da interdisciplinaridade na UTI. Em alguns casos, por exemplo, os pacientes apresentam reflexo de tratamento e consequentemente dificuldades em abrir a boca. Apresentei algumas manobras da fonoaudiologia para auxiliar os odontólogos nessa questão”, disse.

A chefe do serviço de Geriatria do HGG, Ana Maria Porto Carvas explanou sobre a prescrição de medicamentos para o paciente idoso, o que os odontólogos devem fazer em cada caso. “Foi bastante produtivo, os colegas dentistas se interessaram pelo tema e participaram da palestra. Falei sobre as iatrogenias, que são efeitos colaterais dos medicamentos e também os efeitos adversos que essas drogas podem trazer para a cavidade oral dos pacientes deles. É importante cuidar da saúde bucal e nós da área médica orientamos os nossos alunos para que percebam que a boca faz parte do exame médico do seu paciente”.

A enfermeira da Educação Continuada do HGG, Fabrícia Cândida avaliou como positiva a participação no CIOGO 2015. “Os três dias foram bastante produtivos, em uma iniciativa inédita, o HGG, juntamente com a AMIB e Sotiego levaram para o CIOGO toda a estrutura de uma UTI. A maioria dos congressistas que visitaram o estande é de estudantes de odontologia que elogiaram bastante os equipamentos, muitos citaram a qualidade do equipamentos como a cama da UTI, por exemplo. A procura pelas palestras também surpreendeu bastante, todas ficaram com a capacidade máxima de público”, finalizou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700