Goiânia, 30 de abril de 2017    




Notícias

(23/09/2015) Colaboradores do Idtech usam a bicicleta no Dia Mundial Sem Trânsito

Incentivados pelo Instituto que instalou bicicletários e uma ducha, agentes do Teleconsulta experimentaram a nova forma de transporte e aprovaram o uso do veículo ecológico. Presidente da AMMA, Nelcivone Melo, conferiu de perto a iniciativa

No Dia Mundial Sem Carro, 22 de setembro, 16 colaboradores do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) experimentaram trocar os carros ou a viagem de ônibus pela bicicleta. Isso porque a organização social instalou bicicletários e uma ducha para incentivar o uso do veículo sustentável para o trabalho. Nesta manhã, o presidente da Agência Municipal de Meio Ambiente (AMMA), Nelcivone Melo, conferiu de perto a iniciativa e aprovou as medidas adotadas.

Para estimular esta primeira experiência de “bike”, os colaboradores da Central de Atendimento ao Cidadão – Teleconsulta ganharam como prêmio uma folga. “A campanha Simplifique, vá de bike será permanente no Idtech. Já são três bicicletários instalados próximos aos postos de trabalho e estão previstos mais dois”, anuncia o coordenador administrativo financeiro do Idtech, Lúcio Dias Nascimento. Para ele, os benefícios para o colaborador são muitos. “Ajuda no combate ao sedentarismo, é mais barato e ainda não emite gases poluentes. ”

O presidente da AMMA, Nelcivone Melo, destacou que a iniciativa do Idtech vai ao encontro da proposta da Prefeitura de Goiânia, que é de tornar a cidade sustentável. “As melhores cidades do mundo são aquelas onde as pessoas andam de bicicleta. Este é um indicador de qualidade de vida. O prefeito Paulo Garcia pretende entregar até o final de sua gestão 140 quilômetros de vias cicláveis. Partimos de zero e hoje temos em torno de 20 quilômetros de vias cicláveis”, explica.

A agente de atendimento Mirian Espíndola de Oliveira foi pela primeira vez de bicicleta ao trabalho. “Achei uma experiência nova, boa para o corpo, boa para a natureza, boa para tudo”, disse. Ela mora no Setor Pedro Ludovico e seu trajeto de ônibus demora 25 minutos. De bicicleta, gastou 15. Ao ser questionada se repetiria a aventura, respondeu que sim. “Mas é preciso conscientização de todos, tanto nossa quanto do motorista”, disse.

Igor Murilo Oliveira, também agente de atendimento do Teleconsulta, sempre gostou de pedalar quando criança, mas, não tem bicicleta. Mesmo assim, deu um jeito e pegou emprestada com a sua tia. “Achei interessante a experiência. É mais rápido que o ônibus, que normalmente vem muito cheio e em um trânsito lento.” Morador do Setor Sudoeste, gasta 30 minutos de ônibus e gastou só 15 minutos de bike. “Agora quero comprar uma bicicleta com certeza.”


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700