Goiânia, 26 de abril de 2017    




Notícias

(30/09/2015) Outubro Rosa: HGG inicia campanha de prevenção de câncer de mama com palestra

Médico patologista Cláudio Amorim explica sobre o autoexame nesta quinta-feira, 1º de outubro no Ambulatório do HGG. Além disso, haverá distribuição de panfletos, laços, e a fachada da unidade estará iluminada na cor da campanha

O Hospital Alberto Rassi – HGG promove neste mês campanha de conscientização para os pacientes, familiares, colaboradores e público em geral sobre a prevenção do câncer de mama. A ação mundialmente conhecida como Outubro Rosa inicia nesta quinta-feira, 1º de outubro, no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade. A partir das 8 horas da manhã, o médico patologista da Secretaria Estadual de Saúde, Cláudio Amorim, que atua na Gerência da Saúde da Mulher, abordará o assunto.

De acordo com Cláudio, a campanha Outubro Rosa é bastante efetiva uma vez que é divulgada amplamente na imprensa. “Vamos abordar sobre o câncer de mama e o câncer de colo de útero que mais matam mulheres no mundo. Durante este mês, geralmente nós conseguimos um alcance muito grande, com divulgação intensa em todos os meios de comunicação. Isso desperta o interesse das mulheres em procurar saber e fazer os exames de prevenção, que é o principal foco do movimento”.

Durante a palestra, o público poderá tirar dúvidas sobre o câncer de mama e as formas de prevenção. “É importante conscientizar as pessoas que se o câncer for descoberto no início, as chances de cura são muito grandes”, afirmou o médico. Na abertura da campanha na unidade também serão distribuídos laços cor de rosa e panfletos informativos. Além disso, durante todo o mês de Outubro, a fachada do HGG estará iluminada na cor do movimento Outubro Rosa.

O Hospital Alberto Rassi – HGG oferece 600 vagas de mamografia por mês. Para ter acesso ao exame, as usuárias devem ser atendidas primeiramente pela chamada “Atenção Básica”, que consiste na rede municipal de Cais e Ciams, onde serão encaminhadas depois da consulta com um ginecologista.

A campanha

Essa ação iniciou-se em 1997, nos Estados Unidos, e foi ganhando o mundo como uma forma de conscientização acerca da importância de um diagnóstico precoce e de alerta para a grande quantidade de mortes relacionadas com essa doença. No Brasil, o primeiro sinal de simpatia pelo movimento aconteceu em outubro de 2002, quando o monumento Mausoléu do Soldado Constitucionalista, também chamado de Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado de rosa.

No Brasil, de acordo com dados do Instituto Nacional do Câncer (Inca), o câncer de mama é o que mais atinge as mulheres. A estimativa do Instituto é que foram mais de 57 mil novos casos no Brasil em 2014. A idade ainda é um dos principais fatores de risco: quatro em cada cinco pacientes têm mais de 50 anos. O diagnóstico precoce da doença é o primeiro e mais importante passo para a cura.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700