Goiânia, 22 de novembro de 2017    




Notícias

(14/10/2015) Fonoaudióloga explica a importância da mastigação no processo de emagrecimento

Palestra aconteceu no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do HGG, nesta quarta-feira, 14 de outubro. Atividade faz parte da campanha “Outubro da Prevenção – Obesidade” promovida pela unidade para conscientizar a população da gravidade desta doença

Com o intuito de conscientizar e alertar a população dos prejuízos causados pela obesidade, o Hospital Alberto Rassi – HGG está promovendo durante esse mês a campanha “Outubro da Prevenção – Obesidade”. Todas as quartas-feiras do mês, profissionais da unidade ministram palestra sobre o tema para as pessoas que aguardam por consulta na unidade. Nesta quarta-feira, 14 de outubro, a fonoaudióloga Cristiane de Cássia Caldas Antunes abordou sobre a “A importância da boa mastigação no processo de perda de peso”.

Cristiane explicou que o processo de digestão começa com a mastigação. “A maioria das pessoas associa a digestão ao estômago apenas, e não é. Ela inicia quando colocamos o alimento em nossa boca. Alguns alimentos, se nós não triturarmos com o dente, o estomago não vai dar conta. É importante que o alimento triturado fique com a textura de um coco ralado”, orientou.

A fonoaudióloga enfatizou ainda a importância da boa mastigação no processo de emagrecimento. “A primeira vantagem da boa mastigação é a digestão. A segunda, que está relacionada com o emagrecimento, chama-se saciedade, que não é apenas o estômago cheio. Nós precisamos passar a escutar a resposta que o nosso cérebro nos dá. O cérebro sabe a quantidade certa de comida que o nosso corpo precisa. Quem mastiga bem, emagrece, porque vai ficar saciado de verdade”.

A atividade aconteceu no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade e contou com vários pacientes do Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade (PCCO). A aposentada Adélia Maria Pires Pereira entrou para o programa em 2003, pesando 137 quilos. Ela explica que após perder o filho, passou por uma depressão profunda, que fez com que ela engordasse excessivamente. A única saída para ela foi à cirurgia, realizada há um ano.

Adélia elogiou a ação no Ambulatório e disse que agora se sente outra pessoa. “Desde quando entrei para o programa, eu já emagreci 58 quilos. Aqui a gente tem acompanhamento com vários profissionais que nos incentivam no processo de perda de peso. Após fazer a cirurgia, consegui controlar até o diabetes, que antes era altíssimo”, explica. Ela disse que as palestras são importantes porque às vezes a pessoa obesa se entrega e não procura ajuda. “Essas orientações servem de alerta para todos”.

A aposentada Lucília Ribeiro Silva estava no Ambulatório aguardando uma consulta com o otorrinolaringologista. Ela não é obesa, porém tem um sobrinho que pesa mais de 200 quilos. “Achei a palestra muito esclarecedora, vou falar sobre isso com o meu sobrinho. Ele tem pouco mais de 20 anos e está superobeso. Ele não aceita ajuda e disse que tem medo de fazer a cirurgia. A gente fica preocupada, porque é muito triste ver um menino novo perdendo saúde por causa da obesidade”, disse.

Palestras

O dia 11 de outubro é lembrado com o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, e para comemorar a data, o HGG realiza uma série de atividades durante este mês. Dando continuidade na programação da campanha “Outubro da Prevenção – Obesidade”, na próxima quarta-feira, 21 de outubro é a vez da fisioterapeuta, Loriene Monteiro explicar sobre “Orientações de exercícios auxiliares à perda de peso”. Encerrando as atividades, dia 28 de outubro, o médico cirurgião bariátrico Juarez Távora abordará o tema “Cirurgia bariátrica, a última opção de tratamento”.



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700