Goiânia, 14 de dezembro de 2017    




Notícias

(29/10/2015) Especialista do HGG orienta pacientes sobre doenças reumatológicas

Em comemoração ao Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo, médica Eleusa Fleury Taveira abordou o assunto com os pacientes no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do HGG, nesta quarta-feira, 28 de outubro

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância do Dia Nacional de Luta contra o Reumatismo, o Hospital Alberto Rassi – HGG promoveu na manhã desta quarta-feira, 28 de outubro uma palestra para os pacientes que aguardavam por atendimento no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA). A médica reumatologista Eleusa Fleury Taveira orientou os participantes da atividade sobre o tema e esclareceu dúvidas.

De acordo com a especialista, o reumatismo é um conjunto de quase duzentas doenças. “Essas doenças atacam principalmente as juntas e a coluna, mas podem aparecer também nas pernas, coração, pulmão, rim, depende do tipo de reumatismo. Cada enfermidade acomete com maior incidência uma faixa etária, por exemplo, a febre reumática acomete mais pessoas jovens, a artrite reumatoide e lúpus, aparecem mais em mulheres, a artrose acomete geralmente pessoas com faixa etária acima de 50 anos”.

Eleusa explicou ainda que as doenças reumatológicas são crônicas e que geralmente tem caráter de predisposição familiar. “Preste atenção nos sintomas. Se aparecer qualquer inchaço nas juntas, é necessário procurar um médico. Se você tem algum caso de doença autoimune na sua família, é preciso procurar um especialista para que, caso seja confirmada a doença, se faça o diagnóstico o mais cedo possível. A prevenção é feita em termos de conhecimento, do esclarecimento da população, no intuito do paciente procurar mais precocemente o médico”.

A auxiliar de consultório odontológico Natália Aparecida Duarte descobriu que é portadora de Lúpus há cinco anos. Ela conta que a aderência do paciente ao tratamento é fundamental para a estabilização da doença. “Eu tento fazer tudo da maneira correta. O principal inimigo para quem tem lúpus é o sol, eu tento sempre me proteger. Desde que descobri a doença, eu faço tratamento aqui e acredito que por seguir todas as instruções dos médicos, eu não sofro tanto. É preciso que a pessoa não desista, a vida muda um pouco, mas é possível viver bem”, afirmou.



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700