Goiânia, 24 de outubro de 2017    




Notícias

(18/11/2015) Profissionais orientam pacientes do HGG sobre saúde do homem

Palestras com o urologista Théo Costa e com a técnica de Saúde do Homem, Luiza Cruz Fagundes aconteceram nesta quarta-feira, 18 de novembro, no Ambulatório do Hospital Alberto Rassi – HGG. Colaboradores se vestiram de azul

“Todo homem tem um grande motivo para cuidar da sua saúde. Esteja bem e saudável para viver cada grande momento da sua vida”, diz o alerta no panfleto que a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) está distribuindo nas unidades do Estado. A campanha Novembro Azul, conhecida mundialmente, tem o objetivo de conscientizar os homens a cuidarem da sua saúde. Nesta quarta-feira, 18 de novembro, o urologista do HGG, Théo Costa e a enfermeira técnica de Saúde do Homem da SES-GO, Luiza Cruz Fagundes orientaram os pacientes sobre o assunto.

Iluminado de azul, o HGG está desenvolvendo uma série de atividades no Novembro Azul. Nesta quarta-feira, além da palestra, os colaboradores se vestiram na cor da campanha para chamar a atenção pela causa. No Ambulatório, o médico explicou que a campanha não tem como foco a prevenção ao câncer de próstata, mas sim a detecção precoce. “Para prevenir esta doença é necessário levar uma vida saudável, com hábitos saudáveis, dieta balanceada, não fumar e praticar atividades físicas. Na campanha, a gente estimula a identificação do câncer enquanto ele está em estágio inicial. As estatísticas comprovam a cura em mais de 90% dos casos diagnosticados neste período”.

O preconceito, afirma o médico, é um dos grandes inimigos do homem. “O tratamento hoje é um tabu porque os homens acreditam que ficarão impotentes após operarem a próstata, isso não é verdade. Obviamente algumas pessoas tem a parte sexual afetada, mas isso não é uma realidade, depende de cada caso. Além disso, os homens ficam com receio do toque retal. Este é um exame indolor e que dura menos de cinco segundos, ele não muda a vida sexual da pessoa”, explicou.

A técnica de Saúde do Homem da SES-GO, Luiza Cruz Fagundes apontou que além do câncer de próstata, o mês de novembro e o Dia Internacional do Homem existem para lembrar que os homens precisam cuidar da saúde de forma geral. “Os homens tem mais doenças do coração, cânceres, colesterol elevado, diabetes, pressão alta, tendência à obesidade, que estão associadas ao estilo de vida inadequado. Esse público não tem o hábito de ir ao médico regularmente, só procuram quando a saúde está comprometida. São importantes as campanhas para que os homens conscientizem e adquiram o hábito”, disse.

O vendedor Leandro Santos estava no Ambulatório acompanhando o pai que aguardava consulta com o cardiologista. Ele está fora da faixa etária de risco, tem menos de 50 anos, e afirma que não procura o médico regularmente. “Estamos acostumados a ir ao médico apenas quando estamos morrendo. Mas eu achei legal a iniciativa da palestra, porque desperta a vontade de procurar orientação”.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700