Goiânia, 26 de junho de 2017    




Notícias

(24/11/2015) Participe da marcha em defesa do SUS! Inscreva-se até o dia 26

Mobilização em Brasília vai contestar cortes que reduzirão mais de R$ 16 bilhões de investimentos na saúde em 2016. Ônibus vão sair às 7 horas do estádio Serra Dourada no dia 1º de dezembro

O Sistema Único de Saúde (SUS) vem sofrendo diversos cortes orçamentários nos últimos anos. Em 2016, a previsão é de reduzir mais de R$ 16 bilhões de investimentos na saúde. Para defender a manutenção dos recursos do SUS e garantir a qualidade da saúde no Brasil, o Hospital Alberto Rassi – HGG convida todos os colaboradores a participarem da Marcha Nacional em Defesa da Saúde no Brasil, que ocorrerá no próximo dia 1º de dezembro, em Brasília.

Os interessados devem se inscrever no site www.saude.go.gov.br (clique no banner) ou pelo e-mail marchapelasaudego@gmail.com (informando nome, telefone, e-mail, local de trabalho), até o dia 26 de novembro (quinta-feira). O ônibus rumo à Brasília sairá às 7 horas, do estádio Serra Dourada. A mobilização é apartidária e tem como único propósito a defesa do SUS. Fazem parte do movimento “Todos pela Saúde” a Secretaria de Estado da Saúde, Secretaria de Saúde de Goiânia, Sindsaúde, Conselho Estadual de Saúde, Central Única de Trabalhadores (CUT), Cremego e outras instituições.

No dia 11 de novembro, os coordenadores do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), José Cláudio Romero e Lúcio Dias Nascimento, e o diretor técnico do HGG, Rafael Nakamura, estiveram na solenidade de lançamento do movimento “Todos pela saúde”, quando também declararam apoio à causa. O evento promovido pela Secretaria de Estado da Saúde aconteceu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, com a presença de diversas autoridades do setor.

“Assumimos o compromisso de mobilizar toda a população do Estado para a marcha. Não é só um movimento de entidades ligadas à Saúde, mas de toda a população que é quem será a mais prejudicada”, destacou o secretário de Estado da Saúde Leonardo Vilela.

Déficit
O processo de subfinanciamento do Sistema Único de Saúde (SUS) teve continuidade em 2014 e será ainda mais grave em 2015 e 2016. O déficit orçamentário passou de R$ 3,8 bilhões, em 2014; para R$ 5,9 bilhões, em 2015, e a previsão para 2016 é de R$ 16,6 bilhões a menos no orçamento geral. Esse déficit de recursos se refletirá diretamente na queda de qualidade do atendimento à população, nas diferentes unidades e serviços oferecidos pelo SUS.

Para saber mais e se inscrever, clique aqui .


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700