Goiânia, 24 de setembro de 2017    




Notícias

(18/12/2015) Pacientes assistem à Missa Sertaneja no HGG

Padre Cidimar Antônio Rodrigues, da Paróquia Nossa Senhora Assunção realizou a celebração ao lado de oito músicos liderados pelo cantor Xexéu. Atividade aconteceu nesta quarta-feira, 16 de dezembro, no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade

Chapéus, bota, violão, vestimenta xadrez. O berrante anunciava que a missa sertaneja iria começar. No altar, o padre a postos ao lado da imagem da Virgem Maria pronto para dar a benção para os fiéis. Nesta quarta-feira, 16 de dezembro, oito músicos da Paróquia Santo Antônio se uniram ao Padre Cidimar Antônio Rodrigues, da Paróquia Nossa Senhora Assunção para celebrar a típica missa sertaneja para os pacientes, familiares e colaboradores. A missa aconteceu no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) da unidade.

A cada pausa na leitura da palavra de Deus, o grupo comandado pelo músico Xexéu tocava uma moda de viola com palavras bíblicas e de encorajamento. O Padre Cidimar proferiu palavras de conforto para os pacientes e também para os colaboradores. “Jesus está aqui para ajuda-los a não cair, a não desanimar. Faço um apelo para aqueles que aqui trabalham: o momento mais difícil de nossa vida é quando estamos enfermos. O meu tio ficou 75 dias internado aqui neste hospital, e ele recebeu tanto carinho e atenção das enfermeiras”.

A dona de casa Luci Bárbara dos Santos Vieira participou da celebração. Católica desde que nasceu, ela está na unidade acompanhando o marido que passará por uma cirurgia ortopédica no braço. O marido sofreu um acidente de moto e está internado no HGG há quatro dias. “Eu achei muito lindo. Apesar de ser católica desde a infância, nunca tinha participado de uma missa sertaneja ao vivo. Acho que neste momento aqui no hospital a palavra de Deus é muito importante para que possamos nos encorajar e não desistir”.

Integrante do grupo da missa sertaneja, a cantora Sônia Maria Amarani nunca havia passado pela experiência de se apresentar em uma unidade hospitalar. “É a primeira vez que eu participo de uma missa em um hospital. Achei lindo! Eu sempre tive vontade de fazer esse tipo de trabalho, inclusive na nossa unidade tem um grupo que faz visita aos hospitais. A gente veio para trazer alegria para eles. Viemos trazer a certeza de Deus. A gente precisa ajudar e dar sustentação e apoio para os pacientes”.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700