Goiânia, 29 de abril de 2017    




Notícias

(12/01/2016) Após mais de seis horas de procedimento, filha recebe rim da mãe

Captação e transplante aconteceram na manhã desta terça-feira, 12 de janeiro, e terminaram por volta de 14 horas. Maria Lúcia de Souza doou um dos rins para a filha Valquíria Marta de Souza. Órgão já está em funcionamento

Os procedimentos de captação e transplante de rim entre mãe e filha, que aconteceram no Hospital Alberto Rassi – HGG na manhã desta terça-feira, 12 de janeiro, ocorreram conforme esperado. De acordo com a equipe médica do hospital, a cirurgia de captação terminou por volta de meio-dia, e a de transplante por volta das 14 horas. A boa notícia é que o rim já começou a funcionar, e a paciente Valquíria Marta de Souza já urinou 700 ml desde que recebeu o órgão.

Os procedimentos contaram com a parceria da Central de Transplantes de Goiás. A mãe dela, Maria Lúcia de Souza se encontra em estado estável e deve receber alta em breve. Já a receptora do órgão, Valquíria Marta de Souza, está com a pressão alta, o que é considerado normal pela equipe médica do hospital. As duas estão em observação no Centro de Terapia Intensiva da unidade.

Valquíria começou a ter problemas nos rins há seis anos. Porém, há pouco mais de um ano, começou a fazer a hemodiálise. Ela se desloca até o hospital três vezes por semana para passar pelo procedimento, que dura cerca de quatro horas. Mãe e filha começaram a ser preparadas para os procedimentos há um ano e dois meses. Esse será o segundo transplante entre pacientes vivos realizados na unidade nos últimos dois meses.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700