Goiânia, 17 de dezembro de 2017    




Notícias

(02/02/2016) Xexéu anima segunda edição do Grito de Carnaval do HGG

Atividade realizada nesta segunda-feira, dia 1º de fevereiro, proporcionou aos pacientes e colaboradores do Hospital Alberto Rassi – HGG diversão e resgate da cultura popular. Objetivo é humanizar o ambiente hospitalar

As canções clássicas do samba e músicas típicas de carnaval invadiram o Hospital Alberto Rassi – HGG nesta segunda-feira, dia 1º de fevereiro. A unidade hospitalar promoveu a segunda edição do Grito de Carnaval para pacientes e colaboradores com direito a decoração, marchinhas, confetes, e a animação do cantor Xexéu. A iniciativa teve como objetivo humanizar o atendimento hospitalar, já que o Brasil é conhecido mundialmente pelo clima carnavalesco do mês de fevereiro, mas para quem está hospitalizado a folia perde o sentido.

Ao final da festa, o comerciante Odenil Rodrigues pediu a palavra ao cantor Xexéu. O paciente, que está internado por causa de problemas cardíacos, agradeceu ao hospital pela comemoração antecipada de Carnaval. “Eu nunca participei de uma folia tão boa. Esse é o verdadeiro sentido do Carnaval, uma festa sem malícia, sem pornografia, com as músicas que realmente marcaram época. Estou muito feliz por ter participado, e agradeço de coração a todos vocês e ao cantor Xexéu por ter me proporcionado isso. ”

Para foliar com os pacientes e colaboradores, a paciente do Programa de Controle e Cirurgia da Obesidade – PCCO, Sílvia Cabral, se deslocou até a unidade quando soube da atividade pela enfermeira Graziela Cavalcante. A secretária passou pela cirurgia bariátrica há seis meses, quando ficou internada por sete dias no hospital. “Eu sempre venho ao HGG para as consultas de retorno e acompanhamento. Mas, hoje eu vim especialmente para essa festa. Aqui não tem como ficar parado, sempre saio do hospital com uma energia muito positiva”, comentou.

Esta foi a segunda vez que Xexéu animou a folia dos pacientes e colaboradores. O cantor conta que veio de uma maratona de shows no fim de semana, mas não recusou o convite do hospital devido à troca de energia entre ele e os pacientes. “Eu acredito muito nesse projeto, e é por isso que estou aqui e sempre estarei quando me chamarem. É muito legal ver o sorriso estampado no rosto de cada um deles, mesmo sabendo que muitos têm suas limitações e dores. ”


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700