Goiânia, 20 de setembro de 2017    




Notícias

(04/02/2016) Em campanha alusiva ao Carnaval, HGG promove palestra sobre Aids

Abertura da campanha “Fevereiro da prevenção – Pequenas atitudes podem salvar vidas” aconteceu nesta quarta-feira, 3 de fevereiro, no Ambulatório da unidade hospitalar. Enfermeira Cleidiene Gontijo explicou os mitos e verdades sobre a Aids e distribuiu preservativos para a plateia

Aproveitar o Carnaval com consciência e fazer sexo utilizando preservativo foi o destaque na palestra da enfermeira Cleidiene Gontijo, que atua no Serviço Especializado em Saúde e Medicina do Trabalho (Sesmt) do Hospital Alberto Rassi – HGG. Com o tema “Previna-se contra a Aids no Carnaval”, a enfermeira ministrou palestra nesta quarta-feira, 3 de fevereiro, no Ambulatório de Medicina Avançada para os pacientes que aguardavam por consulta. A atividade abriu a programação especial da campanha “Fevereiro da prevenção – Pequenas atitudes podem salvar vidas”, promovida pelo HGG.

Cleidiene explicou que é preciso reforçar as campanhas de conscientização porque cada vez mais jovens e idosos estão adquirindo o vírus. “A Aids é uma doença que não tem cura e ataca o nosso sistema imunológico causando a destruição dos glóbulos brancos. O que chama a atenção é que os nossos idosos e jovens estão cada vez mais contraindo o vírus. Como os sintomas são parecidos com uma gripe, no caso dos idosos, às vezes a família não dá tanta importância, e quando descobre a doença já está avançada".

A profissional abordou sobre estudos divulgados recentemente que mostram que quase metade dos novos casos de Aids ocorre em jovens com idade entre 15 e 24 anos. A dona de casa Jerônima Pereira Monteiro é responsável pela neta adolescente. Ela explica que sempre que tem oportunidade conversa com a neta sobre os perigos de uma relação sexual sem proteção. “Acho que o nosso papel é esse, alertar enquanto não aconteceu ainda. Eu sempre falo para a minha neta dos perigos de se envolver com algum rapaz sem proteção, porque se ela adquirir uma doença que não tem cura vai ser muito difícil”.

Após a palestra, houve a distribuição de preservativos para o público presente. A próxima palestra será ministrada pelo fisioterapeuta Kemil Rocha e abordará o impacto dos acidentes de trânsito na saúde pública. Depois será a vez do farmacêutico André Cândido que explicará sobre os perigos de ter as famosas “farmacinhas” em casa. As palestras acontecem nos dias 17 e 24 de fevereiro respectivamente, sempre às 15h30. Todas são abertas ao público.


Fonte: IDTECH





Google








IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700