Goiânia, 19 de novembro de 2017    




Notícias

(07/03/2016) CPD processa mais de 11 mil fichas relacionadas à dengue

Das 26.336 fichas processadas pelos agentes da Central de Processamento de Dados da Secretaria Municipal de Saúde nos meses de janeiro e fevereiro, 42% são relacionadas ás notificações e investigações da doença

Coordenada pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), a Central de Processamento de Dados (CPD) da Secretaria Municipal de Saúde processou neste primeiro bimestre do ano 26.336 fichas. Somente nos dois primeiros meses deste ano, 11.294 fichas foram relacionadas à investigação e notificação dos casos de dengue, mais de 40% do total de processamentos.

Além dos casos relacionados à dengue, a Central é responsável também pelo processamento das fichas de cadastros dos pacientes em diversos programas e atendimentos da rede básica de saúde, como o Hiperdia, e ainda as declarações de óbitos e nascimentos, Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional, acompanhamento de gestantes, e outros. “Mesmo separando, conferindo e digitalizando fichas de vários segmentos, nos últimos meses a maioria é relacionada à dengue”, revela Alair.

A gerente conta que o posto de trabalho tem treze agentes de processamento. Ela pontua que o trabalho da equipe não consiste apenas na digitalização das fichas, mas também na separação e organização desse material. “Quando nós recebemos as fichas, o primeiro passo é separá-las e conferir se as informações estão completas, somente depois começamos com o processo de digitalização. Quando a ficha não contém todos os dados prioritários são devolvidas aos Departamentos correspondentes.”

Tecnologia
Para o crescimento da produtividade da Central de Processamento de Dados – CPD o Idtech investiu na renovação tecnológica do posto de trabalho. Foram adquiridos diversos computadores para atualização completa da Central, que atuava com as mesmas máquinas há quase uma década. De acordo com o assessor de tecnologia da informação da Organização Social, Adonai Andrade, isso permitiu não somente melhoria da produtividade, mas também a realização de novas atividades. “Um exemplo claro desse avanço tecnológico é a melhoria no acesso ao SisprenatalWeb. Com os computadores antigos, alguns recursos não eram possíveis”, ressaltou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700