Goiânia, 12 de dezembro de 2017    




Notícias

(19/04/2016) Idtech renova acordo coletivo de licença maternidade e adoção

Assembleia aprovou a renovação do acordo coletivo para a concessão do benefício para mulheres e casais heterossexuais ou homoafetivos

Pensando no bem-estar dos seus colaboradores, o Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech) renovou na sexta-feira, 15 de abril, acordo coletivo sobre licença-maternidade e licença-adoção. Pela renovação do acordo, o benefício contempla casais e pessoas que tenham filhos por gestação ou por adoção, incluindo casais homoafetivos com união estável.

Na assembleia, realizada no auditório do Hospital Alberto Rassi (HGG), estiveram presentes o presidente do Sindicato dos Empregados em Entidades Culturais, Recreativas, de Assistência Social, de Orientação e Formação Profissional no Estado de Goiás (Senalba-GO), José de Oliveira, o assessor jurídico do Instituto, Marcelo Matias, os coordenadores administrativo e executivo do Idtech, Lúcio Dias e José Cláudio Romero, respectivamente, e o diretor técnico do HGG, Rafael Nakamura.

José de Oliveira parabenizou o Idtech que, desde 2009, tem iniciativa pioneira, sendo um ganho social a todos os colaboradores. O diretor Rafael Nakamura ressaltou que "o avanço dos benefícios trabalhistas sempre é motivo de felicidade, ainda mais no contexto nacional de diminuição desses benefícios. Estamos na contramão, queremos avançar nos direitos dos trabalhadores e dar esse tempo para as pessoas dispostas na criação de seus filhos".

Pelo acordo coletivo, a licença maternidade é concedida por 180 dias, sendo 120 dias da legislação trabalhista, pagos pelo INSS, e 60 dias custeados pelo próprio Idtech, sem prejuízo de emprego e salário aos trabalhadores. O advogado Marcelo Matias afirmou que o Instituto é a única Organização Social de Goiás que estende a licença para seis meses.

Já a licença-adoção varia conforme a idade das crianças adotadas. Para bebês de até um ano de vida o prazo permanece de 180 dias e para crianças entre um e quatro anos a licença é de 120 dias. A licença-adoção de crianças de quatro a oito anos é de 75 dias. A colaboradora Fernanda Perim aprovou a renovação do acordo, para ela que está com um processo de adoção em andamento, a licença "assegura que a gente tenha esse contato mais direto com a criança. Então ter esse tempo para a gente se acostumar a nova rotina e para a criança também se adaptar".

Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700