Goiânia, 26 de abril de 2017    




Notícias

(29/04/2016) Plateia Social encerra Circuito Nacional de Teatro com 600 convidados

Espetáculo “Depois do Amor – Um Encontro com Marilyn Monroe, estrelado pela atriz global Daniele Winits, conquistou o público nesta quinta-feira, dia 28 de abril, no Teatro Sesi

O espetáculo “Depois do Amor – Um Encontro com Marilyn Monroe” encerrou a programação do Circuito Nacional de Teatro em Goiânia nesta quinta-feira, dia 28 de abril. A última edição da iniciativa contou, mais uma vez, com o apoio do projeto Plateia Social, coordenado pelo Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech). A Organização Social levou para o Teatro Sesi, localizado no Clube Antônio Ferreira Pacheco, cerca de 600 convidados de entidades filantrópicas e moradores de empreendimentos imobiliários da capital e região metropolitana. Para muitos, este foi o primeiro contato com a arte teatral.

Wadson Arantes, da Secretaria Municipal de Assistência Social, estava na plateia. O psicólogo, que também desenvolve projetos sociais com idosos e coordena a Companhia de Teatro Senhoras do Cerrado falou da importância da iniciativa do Circuito Nacional de Teatro e do Idtech. “É um trabalho muito interessante, porque proporciona às pessoas que, normalmente, não teriam condições de irem ao teatro tenha o acesso à cultura. É um momento lúdico e essencial para a nossa vida, todos precisam de momentos de lazer e diversão”, avaliou.

Daniela Fernandes, que é membro da Associação de idosos do Balneário Meia Ponte, também participou da atividade. A convidada agradeceu a oportunidade viabilizada pelo Circuito Nacional de Teatro e pelo projeto Plateia Social, e elogiou a iniciativa. “Gostamos muito de trazer nossos idosos para essa apresentação. Nesse grupo que veio hoje tinha idosos que nunca tinham vindo ao teatro, e todos eles estão saindo daqui encantados com esse universo. Sem falar que eles amaram conhecer a Daniele Winits, que é uma atriz global e famosa”, disse.

Durante a mobilização do público convidado, a equipe de Serviço Social contou com uma importante aliada. Isabel Leal, que é diretora da Escola Municipal Professora Maria Nosidia Palmeiras, do Residencial Barravento, entrou em contato com as demais escolas regionais para participarem do projeto também. “Eu acredito que a Educação tem de ir além do muro da escola. Vir ao teatro é promoção da cultura e do conhecimento.”

Espetáculo
A peça estrelada por Danielle Winits abordou os relacionamentos conturbados e os momentos finais da carreira da atriz norte-americana. Com texto de Fernando Duarte, o espetáculo ocorre em 1962, data em que Marilyn iniciou as filmagens de “Somethings got to give”, que não foi concluído devido à morte precoce da atriz por overdose de barbitúricos, aos 36 anos. Para assinar os figurinos, ela convidou o famoso estilista Jean Louis. Nos primeiros 16 dias não apareceu no set alegando uma sucessão de enfermidades. Quando finalmente decidiu trabalhar, estava alguns quilos mais magra e foi preciso ajustar todos os vestidos. Jean enviou uma de suas assistentes à casa que Marilyn tinha acabado de comprar.

Margot Taylor, a bela assistente de Jean Louis, era uma velha conhecida de Marilyn. Elas se conheceram em 1952 nos bastidores de um filme e ficaram amigas. Na época, Margot era namorada de Joe DiMaggio, mas logo que conheceu Marilyn, ele se apaixonou perdidamente, rompeu com Margot e se casou com a sexy symbol. O casamento durou apenas nove meses. Margot perdeu o namorado e a amiga. Dez anos depois, a vida se encarregou de colocar as duas frente a frente para um acerto de contas.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700