Goiânia, 24 de maio de 2017    




Notícias

(25/05/2016) Mais de 300 profissionais participam da XVII Semana de Enfermagem do HGG

Evento contou com palestras, desfile de vestimentas antigas, homenagens e premiação aos profissionais destaques. Encerramento aconteceu nesta segunda-feira, 23 de maio, no Auditório do HGG

Com o tema “Enfermagem: Uma história de defesa da vida, da saúde, e da qualidade do cuidado”, e um público de 307 pessoas, o Hospital Alberto Rassi – HGG encerrou a XVII Semana de Enfermagem da unidade na segunda-feira, 23 de maio, no Auditório da unidade. Uma das maiores pesquisadoras da história da profissão em Goiás com atuação na Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), e primeira enfermeira a obter o título de doutora, Celma Martins Guimarães encerrou a programação científica do hospital abordando sobre a história da enfermagem no âmbito estadual.

De acordo com Celma, em Goiás não se preserva o patrimônio, porém após várias pesquisas, conseguiu levantar os registros históricos estaduais. “A primeira escola de enfermagem foi criada em Anápolis. Em Rio Verde foi criada a segunda escola, que era bastante conceituada. A equipe de enfermagem goiana se destacava nacionalmente pelo conhecimento prático. Os médicos tinham interesse em ensinar, para que os enfermeiros pudessem resolver os problemas que surgissem quando eles estivessem ausentes. Isso porque nos finais de semana e feriados eles queriam descansar”, explicou.

Enfermeira da Seção de Educação Continuada do HGG e uma das responsáveis pela organização do evento, Fabrícia Cândida, afirmou que a escolha do tema da Semana seguiu a mesma linha da Associação Brasileira de Enfermagem (Aben), que incentivou a divulgação das origens da profissão. “Os profissionais deixam de vivenciar a sua história. E quando a Aben trouxe esse tema, a gente foi em busca da atuação da enfermagem aqui no Estado. A ideia é fazer com que os profissionais reflitam que hoje a gente pode prestar uma melhor assistência, porque temos a tecnologia a nosso favor. Temos mais acessibilidade ao estudo, e antigamente não tínhamos, era tudo muito difícil, é importante não esquecer as raízes, para dar valor ao que temos hoje”.

Além da exposição que retrata a história e evolução da enfermagem disponível para visitação no hall de entrada do hospital, o evento contou ainda com palestras sobre temas atuais da enfermagem como cuidados paliativos, otimização da higienização bucal em pacientes de ventilação mecânica e espontânea, comunicação efetiva como meta de segurança nos serviços de saúde, práticas de higienização, NR-32 e segurança do paciente.

Michele Belmira de Amorim Rodrigues é enfermeira da Clínica Médica e participou de várias palestras, entre elas a que falava sobre práticas seguras de higienização ministrada pela enfermeira do trabalho, Luciene Paiva da Silva, que é especialista em Controle de Infecção Hospitalar. “Achei muito importante, porque envolveu a equipe multidisciplinar. Nós precisamos ter o controle de infecção hospitalar, não é simplesmente atender o paciente. Temos de lavar as mãos, fazer a higienização no leito e utilizar a técnica correta”.

Eleitos através de votação dos próprios colegas, os profissionais destaques foram homenageados. Além de ganhar uma camiseta, participaram de um sorteio de um jantar com acompanhante em uma churrascaria. A técnica de enfermagem, Norma Alves Ferreira, que atua no Apoio Diagnóstico foi a grande sortuda. “Estou muito feliz. Esse já é o quarto ano que sou indicada pelos meus colegas, mas é o primeiro que eu ganho o prêmio”.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700