Goiânia, 29 de maio de 2017    




Notícias

(03/06/2016) Tabagismo: pneumologista aborda tema no Ambulatório do HGG

Palestra que aconteceu na manhã desta quinta-feira, dia 02 de junho, foi realizada pela especialista Heicilainy Gondim em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Tabagismo

Durante 45 anos, o aposentado Lecídio Gomes Ferreira teve o hábito de fumar. Hoje, o morador do município de Itaberaí, ajuda outras pessoas a abandonarem o vício em um grupo terapêutico. Lecídio estava no Ambulatório de Medicina Avançada – AMA do Hospital Alberto Rassi – HGG na manhã desta quinta-feira, dia 02 de junho, e assistiu à palestra da pneumologista da unidade de saúde, Heicilainy Gondim, em alusão ao Dia Mundial de Combate ao Tabagismo.

Lecídio contou que para se livrar do cigarro contou procurou ajuda médica, porém na segunda semana do tratamento ele abandonou os medicamentos e deu continuidade sozinho. “Eu tinha decidido que eu ia abandonar esse vício e tive força de vontade para isso. Hoje eu conto a minha experiência no grupo terapêutico da secretaria de saúde de Itaberaí. Os psicólogos me convidam para contar como foi o meu processo para deixar de vez o cigarro. Mesmo que seja um assunto batido, é importante falar sempre do quanto fumar faz mal”, disse.

Heicilainy abordou para os pacientes que aguardavam consulta na recepção do Ambulatório sobre as substâncias químicas que podem ser encontradas no cigarro, como a nicotina, acetona, amônia, solvente de tinta, naftalina e outros. Ela explicou, ainda, sobre as principais doenças que podem ser causadas pelo hábito de fumar. “Não são problemas somente pulmonares. O cigarro pode causar diversos tipos de câncer, como o de bexiga, que é pouco divulgado”, disse.

Ercilio Amaral foi até o hospital somente para marcar uma consulta, mas se interessou pelo assunto da palestra e permaneceu até o fim. O aposentado, que é fumante e não consegue abandonar o vício, disse que se sensibiliza quando escuta os males que o hábito causa. “Ela disse tudo que eu já tenho em mente, tenho consciência do mal que estou causando a mim mesmo. Tentei várias vezes deixar o vício, mas não consigo por vontade própria. Preciso de ajuda”, comentou.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700