Goiânia, 18 de novembro de 2017    




Notícias

(09/06/2016) Junho Vermelho: HGG incentiva doação de sangue

Na tarde desta quarta-feira, 8 de junho, a coordenadora de captação do Hemocentro, Maria Tereza Costa esteve no Hospital Alberto Rassi para conscientizar os pacientes sobre a importância da doação de sangue

O Hospital Alberto Rassi – HGG, em parceria com o Hemocentro de Goiás, promoveu na tarde desta quarta-feira, 8 de junho, uma ação com o propósito de conscientizar os pacientes da unidade sobre a importância de doar sangue. A coordenadora de captação do Hemocentro, Maria Tereza Costa, esteve no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA) do HGG para falar sobre o Junho Vermelho, campanha que incentiva a doação em todo o território nacional. Além de esclarecer os mitos e verdades sobre o ato, também foram distribuídos panfletos informativos para os usuários.

Maria Tereza revelou que menos de 2% da população brasileira é doadora de sangue, porém a cada dois segundos, algum paciente necessita de transfusão no Brasil. De acordo com ela, a geladeira do Hemocentro comporta mais de duas mil bolsas, porém o estoque atual conta com apenas 400. “Nós atendemos mais de 150 hospitais no Estado. Se a gente tiver uma epidemia e as pessoas precisarem de transfusão, pode morrer todo mundo. Uma bolsa contém 450 ml de sangue, e pode salvar até quatro vidas. Embora a ciência esteja avançando, ainda não descobriram algum substituto para o sangue. Por isso é importante nos conscientizarmos”, alertou.

A dona de casa Odília Pereira de Souza estava no Ambulatório aguardando por uma consulta com cardiologista. Ela é paciente no HGG há muitos anos e explica que já passou por diversos procedimentos na unidade como cirurgia bariátrica, implante de silicone, abdominoplastia e retirada de hérnia. Odília conta que sempre teve vontade doar sangue, porém tinha muitas dúvidas. “Doar sangue é doar vida. Não há dinheiro que pague isso. Quando o meu filho era vivo, ela era doador e eu sempre achei linda essa atitude. Mas agora vou até a triagem do Hemocentro para verificar se eu também posso doar”, explicou.

A aposentada Maria Aparecida Rezende da Silva aprovou a iniciativa da campanha Junho Vermelho e conta que sempre que pode, ela doa sangue. “Quando tem algum conhecido ou amigo que precisa, eu sempre faço a doação. Acredito que esse trabalho que vocês estão fazendo incentivam as pessoas a doarem. Eu falo por mim, porque tinha muito tempo que eu não doava, e agora apareceu o alerta que já está passando de hora de doar”, explicou a aposentada que está acompanhando o marido em uma consulta.

Além da palestra, o HGG também promoveu uma ação de aferição de pressão, medição de Índice de Massa Corpórea (IMC) e entrevistas para verificar se a pessoa está apta para a doação. Cerca de 80 pessoas foram atendidas.

Requisitos básicos para doação de sangue:

• Estar em boas condições de saúde;
• Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, precisam de autorização);
• Pesar no mínimo 50 kg;
• Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);
• Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);
• Apresentar documento com foto emitido por órgão oficial.

Para doar, basta ir até o Hemocentro no endereço Avenida Anhanguera n°5.195, Setor Campinas, Goiânia Telefones: (62) 3201-4570 / 3201-4580/ 3201-4564



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700