Goiânia, 30 de abril de 2017    




Notícias

(14/06/2016) HGG dá continuidade ao Projeto Pensar

Medida para racionalizar o uso de exames tem como objetivos evitar custos desnecessários e proporcionar mais conforto ao paciente, evitando que ele se sujeite ao mesmo procedimento repetidas vezes

Há três anos, a Diretoria de Ensino e Pesquisa do Hospital Alberto Rassi – HGG lançou o projeto Pensar, com o objetivo de conscientizar a equipe médica sobre o uso racional de exames complementares. A iniciativa visa a redução de gastos desnecessários e proporcionar mais conforto ao paciente, evitando que ele se sujeite ao mesmo procedimento repetidas vezes. Em 2016, os exames de imagem são o alvo do projeto.

De acordo com o gerente do Centro Cirúrgico, Alexandre Richter, o projeto Pensar teve uma aceitação positiva entre todos os profissionais de saúde envolvidos. “A proposta era mostrar a necessidade de ter mais atenção e cuidado no momento de solicitação de exames, sem cercear a liberdade do médico. E assim, implantamos a estratégia para exames de imagem”, explica.

De alto custo, os exames como tomografias computadorizadas, ressonâncias magnéticas, ultrassonografias e ultrassom com Doppler colorido terão suas solicitações controladas automaticamente pelo Sistema MV para evitar a repetição do procedimento de forma indiscriminada.

Por isso, estes exames só poderão ser autorizados automaticamente via sistema após sete dias da sua solicitação, exceto para tomografias de crânio (restritas a cada três dias). “Nos casos excepcionais, um novo pedido de exame de imagem com tempo inferior a uma semana, deverá ser justificado à Diretoria Técnica para autorização”, explica Richter. “Essas medidas não causam prejuízos ao bom andamento do serviço e somente beneficia os nossos pacientes e garante maior controle dos recursos públicos”, conclui.



Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700