Goiânia, 25 de maio de 2017    




Notícias

(22/06/2016) Mais de 180 pessoas participam do Dia de Nacional Prevenção à Asma no HGG

Ação aconteceu em uma tenda montada no estacionamento do Hospital Alberto Rassi nesta terça-feira, 21 de junho. População contou com serviços de aferição de pressão, cálculo de IMC e orientações com pneumologistas e equipe multidisciplinar

O Hospital Alberto Rassi – HGG promoveu na manhã desta terça-feira, 21 de junho, uma ação para comemorar o Dia Nacional de Prevenção à Asma. A data marcou também o início do inverno, período caracterizado pelo ar seco e frio, o que acarreta no aumento de doenças respiratórias. Durante o evento, foram disponibilizados serviços gratuitos como aferição de pressão, cálculo do IMC e orientações com pneumologistas e equipe multidisciplinar. No total, 187 pessoas foram atendidas.

O lavrador aposentado Agnaldo Francisco Valadão chegou cedo para o evento. Ele contou que já sofreu bastante com crises de asma, a última foi há trinta anos. “Nesta época não tinha os remédios que tem hoje, eu nem conhecia essa “bombinha” que os asmáticos carregam. E o pior é que a doença passou para os meus filhos e netos. Todos eles sofrem com falta de ar neste período de inverno”, explicou Agnaldo que atualmente faz tratamento na unidade com a equipe de urologia.

A vendedora ambulante Jaqueline Morais da Silva Colodino aprovou a iniciativa do hospital de promover uma manhã para esclarecer a população sobre a doença. “Eu tenho asma há muito tempo e faço o tratamento aqui. Vocês estão de parabéns! Já não bastasse o excelente atendimento que é oferecido quando venho para consulta e agora fui privilegiada com essas orientações. Tanto os médicos quanto a equipe de enfermagem, todos são ótimos! Dias atrás chegou uma carta do SUS pedindo para eu avaliar o hospital, e é claro que eu coloquei que é tudo maravilhoso”.

A médica residente em pneumologia Eliane Consuelo Alves Rabelo ministrou uma palestra para os participantes explicando o que é a doença e como fazer para evitar as crises. Ela afirmou que a asma é subdiagnosticada e por isso é importante as campanhas de prevenção com o objetivo de disseminar informações. “Muitas pessoas chiam o peito, tem falta de ar, tem sintomas pensando que é algo passageiro e ficam sofrendo com a doença. As orientações de hoje vão fazer com as pessoas fiquem alertas e procurem tratamento especializado para o diagnóstico, tratamento correto e melhora da qualidade de vida”.

Palestra

Na tarde desta quarta-feira, 22 de junho, a médica residente em pneumologia Eliane Consuelo Alves Rabelo esclareceu as dúvidas do público que aguardava por atendimento no Ambulatório de Medicina Avançada (AMA). O publicitário Jânio Januzzi estava na unidade pela primeira vez. Ele aguardava uma consulta com o cirurgião plástico e aproveitou para elogiar a iniciativa. “Gostei bastante da palestra. Já passei as informações para a mãe dos meus filhos que sofre com asma. Além disso, ela também é artista plástica e eu aproveitei e mandei fotos dos quadros do Omar Souto. Ela adorou e eu também! Maravilhoso se todos os hospitais fossem assim!”.


Saiba mais:
O que é a asma?

Doença crônica que afeta as vias respiratórias e o pulmão, atingindo 6,4 milhões de brasileiros acima de 18 anos, de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) do Ministério da Saúde e Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada em 2015. Responsável por mais de 100 mil internações no SUS, seus principais sintomas são dificuldade respiratória (falta de ar), tosse seca, chiado ou ruído no peito e ansiedade. Os problemas ocorrem porque os brônquios do asmático são mais sensíveis e tendem a reagir de forma mais abrupta quando há exposição aos diferentes desencadeadores da doença: frio, mudança de temperatura, fumaça, ácaros ou fungos, e até mesmo odores fortes.

Fatores que causam a doença:
- Tapetes, carpetes, cortinas nos quartos;
- Sofás de tecido;
- Camas perto da parede;
- Mofo nas paredes;
- Animais de pelúcia e almofadas;
- Estantes de livro no quarto;
- Travesseiro de paina e penas;
- Colchão sem capa impermeável;
- Vassouras e espanadores de pó;
- Talco, perfumes, tintas, solventes, produtos de limpeza e inseticida;
- Baratas;
- Animais de pelo dentro de casa;
- Roupas guardadas.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700