Goiânia, 25 de maio de 2017    




Notícias

(01/07/2016) HGG recebe exposição de arte contemporânea

Chico Santos, Diomar Lustosa e Santana lançam décima temporada do projeto “Arte no HGG” na quarta-feira, dia 13 de julho. Exposição “Vozes” tem diversidade de inspirações e temáticas, e reunirá um acervo de cem obras pelo Hospital Alberto Rassi

Marcada por expressões artísticas originais e técnicas inovadoras, a arte contemporânea é, sobretudo, questionadora e polêmica. Com diversidade de inspirações e temáticas, três artistas deste universo moderno apresentam a exposição “Vozes”, no Hospital Alberto Rassi – HGG. As obras de Chico Santos, Diomar Lustosa e Santana contemplam a décima temporada do projeto de humanização “Arte no HGG”, que reunirá cerca de 100 peças. O vernissage acontece na quarta-feira, dia 13 de julho, no Ambulatório de Medicina Avançada – AMA da unidade hospitalar, a partir das 19 horas.

Chico Santos trabalha de forma singular, o que torna as suas obras extremamente originais. O artista realiza questionamentos sobre o homem e sua origem, o desgaste da vida urbana, além de retratos e críticas sociais do cenário atual. “Gostei bastante dessa iniciativa e acredito que minhas obras vão contribuir muito para o tratamento dos pacientes do HGG. Além disso, sempre tive como argumento que o artista deve ir até onde o público está, pois são poucos que têm o hábito de visitarem galerias. É uma proposta diferente e inovadora realizar uma exposição em um ambiente hospitalar”, avalia Chico.

Nas obras de Diomar Lustosa, os personagens do cotidiano em cenas de forte cunho social e político são as principais abordagens. Com três décadas dedicas à arte, o artista encontrou no desenho e pintura uma forma de protesto e reflexão sobre as turbulências do mundo atual. “A arte, de forma geral, é bastante construtiva. É a primeira vez que realizo uma mostra num hospital e estou bastante otimista com essa experiência, o projeto é inovador e nós da classe artística esperamos que ele cresça cada vez mais. Intitulamos a nossa exposição por ‘Vozes’ porque queremos que as pessoas entendam, discutam e reflitam a mensagem que estamos levando”, explica.

Autodidata, Santana tem o dom de retratar os elementos da natureza de forma jamais vista, com cores e formas geométricas marcantes, que tornam suas obras únicas. Com temáticas que passam pela fauna e flora do Cerrado, além de figuras indígenas, suas telas combinam a arte contemporânea e primitiva. “Nossos trabalhos exigem uma dedicação maior de quem observa, pois são mais abstratos. Acredito que tudo que mexe com a mente e com o emocional pode interferir positivamente na vida das pessoas, e a arte tem esse poder. A nossa expectativa é a melhor possível, queremos levar muita cor para o hospital”, reforça o artista.

Projeto
Iniciativa inovadora do Instituto de Desenvolvimento Tecnológico e Humano (Idtech), o Arte no HGG nasceu da ideia de promover a inclusão cultural de pacientes, seus familiares e colaboradores, há dois anos. Além disso, o projeto tem como objetivo a humanização do ambiente hospitalar, e também de usar a arte como terapia alternativa para usuários do Sistema Único de Saúde - SUS que fazem tratamento na unidade. De forma voluntária, os artistas expõem seus acervos nos corredores, o que torna o hospital mais alegre, colorido e interessante.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700