Goiânia, 29 de maio de 2017    




Notícias

(18/07/2016) Sarau itinerante com Amauri Garcia e Luiz Augusto movimenta corredores do HGG

Apresentação aconteceu nesta quinta-feira, 14 de julho e percorreu as enfermarias e o Centro de Terapia Intensiva (CTI) do Hospital Alberto Rassi. Pacientes cantaram e se emocionaram ao som da Música Popular Brasileira (MPB)

O aposentado Uitamar Régis de Jesus está internado no Hospital Alberto Rassi – HGG há quatro dias para tratar uma hemorragia digestiva. Nesta quinta-feira, 14 de julho, ele se preparava para jantar quando foi surpreendido com a apresentação de Amauri Garcia e Luiz Augusto, na porta da sua enfermaria. Não conseguiu segurar as lágrimas. “A música no hospital é um remédio para a alma. Não tenho palavras para agradecer. Estou muito emocionado”. Ele elogiou ainda os colaboradores da unidade. “Os médicos e enfermeiros do HGG são anjos, esse hospital é nota 100”.

Por onde passava, a dupla recebia a companhia de pessoas que passavam a integrar a comitiva do Sarau, incluindo colaboradores e pacientes. Foi o caso do mecânico Reynaldo Moreira da Silva, que ouviu a música do outro lado do hospital e foi até o local para acompanhar a cantoria. “Foi a melhor coisa que eu já vivi até hoje. A música nos ajuda a recuperar a autoestima. Se eu pudesse, acompanharia todas as apresentações aqui”, declarou o mecânico que está internado para tratamento de gastrite.

Os cantores levaram o Sarau por todos os corredores do HGG e até o Centro de Terapia Intensiva (CTI). Com o repertório composto por clássicos da Música Popular Brasileira (MPB), forró e até canções autorais, a dupla conquistou o público da unidade. “Eu me emociono muito quando faço esse trabalho, mas também saio mais relaxado. Com certeza é um privilégio poder levar a nossa música para essas pessoas que estão fragilizadas, precisando de uma alegria, de uma palavra de consolo”, declarou Luiz Augusto.

Amauri afirmou que sai com a sensação de leveza após apresentar para o público do hospital. “Todos nós somos beneficiados com esse projeto Sarau, os pacientes, os familiares que se desgastam e também os colaboradores que vivem uma rotina pesada e trabalham em outros empregos. A gente sai leve por isso, porque apesar das condições dessas pessoas, há uma vibração muito positiva. É a fé que move essas pessoas na busca pela cura, na certeza de que vão alcança-la. Procuramos fazer um tratamento espiritual, unindo música e ciência”.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700