Goiânia, 27 de abril de 2017    




Notícias

(16/08/2016) Contação de histórias diverte público do HGG

Atividade lúdica liderada pelo grupo Ciranda de Contos aconteceu na manhã desta terça-feira, 16 de agosto, no Hospital Alberto Rassi. Pacientes elogiaram a iniciativa que contemplou o projeto Dose de Letras

“O projeto Dose de Letras é um sucesso no Hospital Alberto Rassi – HGG. Quando a biblioteca itinerante passa pelos corredores, os pacientes escolhem as suas leituras da semana”. A afirmação é do aposentado Odenildo Rodrigues Limírio. Internado na unidade há dez dias para tratamento de problemas nos rins, coração, fígado e vesícula, ele afirma que atividades que quebram a rotina hospitalar auxiliam na recuperação de quem está hospitalizado. Nesta terça-feira, 16 de agosto, o grupo Ciranda dos Contos trouxe todo o universo da literatura para o público da unidade.

De forma lúdica e engraçada, Shirlene Álvares, Denise Batulevicius e Wellington Barros divertiram os pacientes com contos da literatura brasileira. Até o Soneto de Fidelidade do saudoso Vinicius de Moraes foi recitado para os pacientes. Odenildo, que também é contador de histórias aprovou a iniciativa e disse que em outra oportunidade vai contar histórias para o público também. “Eu achei ótimo, ajuda na nossa recuperação, muda o nosso astral. Tem muitos pacientes e acompanhantes sofrendo, e essa atividade ajudou a quebrar a rotina. Da próxima vez eu também quero contar uma história. Já passei por muitos hospitais, mas afirmo que o HGG é o melhor que eu já pisei. Aqui é um centro de referência”.

A vendedora autônoma Alessandra de Jesus Lopes riu bastante das histórias. Internada há quinze dias para tratamento de anemia, ela conseguiu se divertir por algumas horas. “Como a gente fica muito tempo aqui, essas atividades nos incentivam a sair, caminhar pelo hospital. Esta é a primeira vez que eu saio da enfermaria, e gostei bastante”. Integrante do grupo Ciranda dos Contos, Shirlene Álvares elogiou o projeto Dose de Letras, que estimula a leitura no ambiente hospitalar. “Foi uma experiência maravilhosa, principalmente porque o público ficou atento o tempo inteiro. Imaginamos que por ser no corredor do hospital, seria barulhento, mas foi muito bom”.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700