Goiânia, 21 de novembro de 2017    




Notícias

(26/09/2016) Música sertaneja resgata memória afetiva dos pacientes do HGG

Dupla mineira Nicolas e Rafael se apresentaram voluntariamente no Sarau do Hospital Alberto Rassi, onde tocaram os principais sucessos do sertanejo raiz e atual

Sabe aquela música que parece te transportar no tempo? Pois é. Nesta quinta-feira, dia 22 de setembro, no Hospital Alberto Rassi – HGG a dupla Nicolas e Rafael tocou sucessos sertanejos que fizeram os pacientes voltarem aos bons tempos quando Chitãozinho e Xororó e Leandro e Leonardo tocavam nas rádios. Também teve música raiz, como Tião Carreiro e ainda o novo sertanejo, com música de autoria própria da dupla, a romântica “Dois Lados”.

A apresentação contemplou o projeto Sarau do HGG, no qual Nicolas e Rafael, acompanhados pelo tecladista Hudson Hostins se apresentaram voluntariamente. Na plateia, estava o paciente Sérgio Rodrigues Miranda, um dos primeiros a chegar. Ao conversar com os artistas, já disse que seu estilo musical preferido é o “modão” caipira. E depois ao final do show, disse que foi “ótimo, muito mais que bom”, mas que a música que mais tocou seu coração foi “Amargurado”, do Tião Carreiro. “Lembrei de uma época de 50 anos atrás, quando morava em Goianésia”, contou.

A paciente Vera Maria da Cruz, ficou cantando baixinho todas as músicas da dupla sertaneja e fez questão de agradecer aos artistas antes de voltar para a enfermaria. “Estas atividades são muito criativas e ajudam a levantar o astral, as pessoas vão dormir feliz. A música é remédio para a alma”, disse a costureira que hoje mora na zona rural de Varjão. O agradecimento também veio da paciente Terezinha Pereira da Silva, que foi à frente de todos para recitar um poema, “O cego de Jericó”, em retribuição aos músicos, que trouxeram alegria, e para a equipe do Hospital.

“Fiquei muito feliz de participar do projeto, de levar alegria para quem precisa. Deu para ver que, quando a gente estava cantando, os pacientes esqueciam dos problemas, das dores e isso foi muito bom para gente”, declarou o cantor Nicolas. “Esta troca de energia é muito boa, é o que faz a gente tocar todos os dias, é o que nos incentiva a estar na música. A intenção da música é esta, é fazer o bem!”, completou Rafael.


Fonte: IDTECH






IDTECH - Todos os direitos reservados

Rua 01, Qd. B-1, Lt. 03/05 nº 60 - Térreo, Setor Oeste, Cep. 74115-040, Goiânia/GO
Telefone: 62 3209-9700